Março Lilás alerta sobre prevenção do câncer de colo do útero

Uma roda de conversa sobre Prevenção e Diagnóstico do Câncer de Colo do Útero marcará, nesta segunda-feira (12), às 9h, no auditório da Santa Casa, o início da Campanha Março Lilás, dedicada a chamar a atenção das mulheres paraenses sobre a importância de fazerem periodicamente o exame preventivo para detecção precoce desse tipo de câncer. O evento terá como destinatárias mulheres de organizações que atuam em defesa dos direitos das mulheres e servidoras de instituições de saúde.

Com o slogan “O Pará unido na Prevenção e Diagnóstico do Câncer de Colo do Útero”, a Campanha Março Lilás é uma realização da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) por meio do Núcleo de Apoio à Gestão na Atenção à Mulher no Controle do Câncer de Colo de Útero e Mama (Nagam), com o apoio do Comitê Estadual de Controle do Câncer do Colo do Útero e Mama, Regionais de Saúde e municípios paraenses.

A abertura será presidida pela secretária adjunta da Sespa, Heloísa Guimarães, que, na roda de conversa, abordará sobre o tema “Rede de Atenção Oncológica à Mulher no Pará”.

A roda de conversa contará também com a participação da enfermeira e coordenadora do Nagam, Nazaré Falcão, que falará sobre “Situação Epidemiológica do Câncer de Colo do Útero no Pará”; da médica ginecologista Valéria Pontes, abordando o tema “Prevenção, Tratamento de Lesões Precursoras e Diagnóstico do câncer de Colo do Útero”; e do médico oncologista Sandro Cavallero, que falará sobre “Tratamento Oncológico”.

A coordenadora do Nagam, Nazaré Falcão, informou que os municípios que aderiram a Campanha vão intensificar a realização do exame preventivo em mulheres de 25 a 64 anos de idade com prioridade às mulheres que nunca fizeram o exame, atualizar as carteiras de vacinação com a vacina HPV em meninos e meninas nas idades preconizadas pelo Ministério da Saúde, como também orientar sobre o uso do preservativo, pois o HPV é transmitido por meio de relação sexual.

Segundo ela, o câncer de colo uterino é o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheres de todo o mundo e também no Brasil. E que no Pará, é a principal causa de óbito entre as mulheres, sua maior incidência está entre as mulheres na faixa etária de 40 a 49 anos. “Estima-se que o rastreamento sistemático e o tratamento de lesões precursoras possam reduzir a mortalidade pela doença em até 80%”, disse Nazaré.

Conforme disse, o principal fator de risco é a infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV), responsável por mais de 90% dos cânceres de colo do útero. “Por isso é importante que meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos sejam vacinados, já que a vacina está disponível na Rede Básica contra os principais tipos oncogênicos do vírus”, observou a coordenadora.

Nazaré disse, ainda, que a redução da mortalidade decorrente do câncer do colo do útero depende da adoção de medidas de prevenção primária, de diagnóstico e tratamento de lesões precursoras, bem como do diagnóstico e tratamento adequados das lesões invasivas.

Portanto, nesse sentido, é que a Campanha Março Lilás inclui, além do alerta às mulheres para a importância do exame preventivo, a realização do Plano Piloto de Rastreamento do Câncer de Colo do Útero, cuja primeira ação começa, neste domingo (11), das 8h às 12h, com a Unidade Móvel instalada na Unidade Estratégia Saúde da Família, (ESF), no bairro de Águas Negras, em Icoaraci, com atendimento de mulheres dos bairros de Águas Negras e Agulha.

Curiosidade – De acordo com a militante sufragista Sylvia Pankhurst, o uso da cor lilás  teve origem no movimento das sufragistas inglesas em 1908, que lutaram pelo direito de votar. Elas escolheram o lilás, inspiradas que era a cor da nobreza inglesa.

Na década de 70, as mulheres socialistas reafirmaram a origem socialista do 8 de março ao mesmo tempo em que várias delas assumiram a cor lilás como específica da luta feminista.

Assim, no Brasil, vários estados, há alguns anos escolheram o mês de março por ser um mês de luta dedicado às mulheres, para trabalhar ações de saúde, com ênfase no controle do câncer do colo do útero, denominando a Campanha Março Lilás.

Serviço: A Unidade Móvel da Sespa estará instalada, neste domingo (11), das 8h às 12h, com a Unidade de Saúde da Família, na Rua Parque Santa Paula, no bairro Águas Negras, em Icoaraci.

Texto: Roberta Vilanova

Foto: José Pantoja