Nota – Sespa informa sobre morte de criança internada com raiva humana

Criando em

Foi confirmada a morte do paciente E.P.B, 10 anos, que estava internado no Hospital Santa Casa, em Belém, com o vírus da raiva humana. O falecimento ocorreu na tarde desta terça-feira (29). A criança está entre os cinco casos de raiva humana confirmados laboratorialmente pelo Instituto Evandro Chagas (IEC) e pelo Instituto Pasteur (sediado em São Paulo), entre os 14 notificados sobre a doença em Melgaço. Destas cinco pessoas com diagnóstico confirmado, quatro morreram e uma permanece internada. Agora são nove óbitos, sendo que quatro pessoas não tiveram material coletado para exame.

Três pacientes prosseguem internados, em estado grave – dois no Hospital da Santa Casa, em Belém, e um no Hospital Regional de Breves, no Marajó. Os pacientes têm quadro semelhante, com sintomas como febre, dispneia, cefaleia, dor abdominal e sinais neurológicos – paralisia flácida ascendente, convulsão, disfagia (dificuldade de deglutir), desorientação, hidrofobia e hiperacusia (sensibilidade a sons, principalmente agudos).

 

Ascom/Sespa