Hospital dos Caetés terá capacidade de assistir 500 grávidas ao mês

A região nordeste do Estado vai contar com mais uma opção em atendimento de saúde de alta complexidade em pouco tempo. O Governo do Estado está finalizando a execução dos serviços do moderno Hospital Regional Público dos Caetés, no município de Capanema, que entra na fase final para repasse à Secretaria de Estado de Saúde Pública – Sespa, responsável pelo funcionamento da nova casa de saúde. A previsão da Secretaria de Obras para finalizar o projeto é até o final de 2018, somando investimentos de R$37 milhões – recursos do tesouro do estadual, sendo R$ 25 milhões para obras físicas e R$ 12 milhões para aquisição de equipamentos.

Após a entrega do Hospital, não apenas a população de Capanema, mais de outros 17 municípios próximos passarão a contar com estrutura de atendimento médico com 60 leitos, sendo 10 de UTI adulto e outros 10 de UTI neonatal, além de consultórios, centro cirúrgico com três salas transfusional, laboratório e banco de leite, entre outros serviços médicos.

“Este é mais um ganho significativo à população no âmbito hospitalar. Garantir um hospital com a dimensão do materno de Capanema é dar condições ao atendimento humanizado e especializado. Serão ofertadas especialidades para a saúde das mulheres e das crianças com padrão de excelência. Com isso, daremos subsídios para que a mulher seja atendida em sua própria localidade ou próximo da sua região. Vale lembrar que recentemente o Governo do Pará entregou outro hospital materno infantil em Barcarena, com assistência voltada à gravidez de alto risco”, explica Vitor Mateus, secretário estadual de Saúde.

O hospital dos Caetés terá capacidade para assistir 500 grávidas ao mês com serviços que vão desde a atenção básica a casos de alta complexidade, oferecendo serviços semelhantes aos da Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém, referência no atendimento a mulheres grávidas e parturientes.

O Governo do Estado ainda esse ano dará início na área anexa do hospital dos Caetés ao projeto de construção das instalações da policlínica destinada ao atendimento de hemodiálise.

“Oferecer saúde com qualidade cada vez mais próxima do cidadão evitando deslocamento em busca de atendimento é a intenção do governo estadual ao inaugurar em poucos dias mais um hospital com serviços de alta complexidade, reiterou o secretário de obras, Pedro Abílio”, destacando que a região nordeste, igualmente as outras do Estado contará com hospital que vai atender com especialidades não só as mulheres como toda população que buscar atendimento médico.

Texto: Izabel Cunha – Ascom/Sedop