Governo apoia congresso e encontro que promovem a saúde bucal

Mais conhecimento para disseminar a importância de práticas de saúde bucal por todo o Pará. Com essa mensagem foi aberta a 12ª edição do Congresso Internacional de Odontologia da Amazônia (Cioa 2019), nesta terça-feira (29), com programação até o dia 31 (quinta-feira), na Estação das Docas, em Belém. Promovido pela Associação Brasileira de Odontologia – Seção Pará (ABO/PA), o Congresso conta com o patrocínio do governo do Estado, que paralelamente realiza o 7º Encontro de Coordenadores de Saúde Bucal, organizado pela Coordenação Estadual de Saúde Bucal da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Antes da solenidade de abertura foi anunciada a entrega de placas comemorativas a autoridades, profissionais, entidades e universidades que incentivam esses cuidados. O governador Helder Barbalho; a primeira dama, Daniela Barbalho, e o vice-governador, Lúcio Vale, estão entre os agraciados com a certificação, concedida de forma inédita pela Sespa. O município de Rio Maria, no sul do Pará, recebeu mil kits em reconhecimento ao melhor resultado obtido em políticas públicas voltadas ao controle da saúde bucal.

“Eram mil escovações mínimas estipuladas. O município fez mais de 06 mil, de modo que esse kit recebido já fica guardado para as ações de 2020”, explicou Nayara Milhomen Feitosa, coordenadora de Saúde Bucal da 12ª Regional, que abrange os municípios da Região de Integração Araguaia. Também garantiram o destaque a Rio Maria o percentual de integrantes da equipe, acima de 35%, e o cumprimento dos cronogramas.

“No fim das contas, o reconhecimento é à gestão, que superou atrasos nos repasses dos materiais e outras adversidades para cumprir o que estava estipulado no calendário. Fica o exemplo de boas práticas para outras cidades”, ressaltou Nayara Feitosa.

A coordenadora de Saúde Bucal pelo município de Santa Bárbara do Pará (Região Metropolitana de Belém), Tirza Leal, participa do Congresso e do encontro promovido pela Secretaria. “É muito proveitoso um momento como esse, de troca de experiências, esclarecimento de dúvidas e de aproximação com realidades de outras regiões”, disse Tirza Leal.

Empenho e parceria – A coordenadora Estadual de Saúde Bucal da Sespa, Alessandra Amaral, representou o governo do Estado na mesa da solenidade de abertura do Congresso. Ela enalteceu o empenho do Executivo em colocar os cuidados necessários com a boca no mesmo nível de importância de outros órgãos vitais.

“Tudo começa pela boca. Sabemos que estudos comprovam que a mortalidade de fetos e os problemas de saúde em recém-nascidos têm a ver com problemas bucais. Isso significa que a saúde bucal precisa ser uma prioridade desde a gestação até a idade adulta”, explicou a gestora. “É a primeira vez que o governo patrocina o evento, e essa presença tão forte e os temas estão deixando todos com as melhores expectativas sobre as experiências que serão vividas nos próximos dias”, frisou a coordenadora.

Sob o tema “A Ciência Odontológica na Era da Tecnologia Digital”, o Congresso foi oficialmente aberto pelo presidente da Cioa 2019, Marcelo Folha. “Estou aqui rodeado por amigos e feliz de ver pessoas queridas, professores de outras regionais da ABO que acreditam no valor dessa troca de vivências. Chegar ao fim de uma gestão com um evento técnico, científico e amazônico nos dá a sensação de dever cumprido”, afirmou ele, que está prestes a deixar a presidência da ABO/PA.

 

 

Texto: Carol Menezes (SECOM)

Você pode gostar...