Workshop aborda otimização dos recursos da saúde

A eficiência do gasto público em saúde e a necessidade de melhorar a aplicação dos recursos financeiros disponíveis foram discutidos em um workshop ocorrido nos dias 22 e 23 de outubro na Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), sob orientação da Secretaria de Estado de Administração (Sead) e ministrado pela Comunitas, organização social especializada na mobilização de lideranças para o desenvolvimento do Brasil.

A secretária de Estado de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, participou do workshop

Participaram do encontro diretores dos departamentos administrativos e financeiros da Sespa e de hospitais públicos do Pará. A secretária de Estado de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, explica que esse trabalho no governo estadual está iniciando pela saúde e que a proposta da Comunitas é orientar gestores estaduais para o aumento da eficiência na gestão dos recursos públicos, por meio da análise das despesas com medicamentos, materiais médicos, alimentação hospitalar e outros serviços.

“Este processo vai além do corte de gastos e orienta para a otimização dos recursos com o propósito de atender melhor e a um número maior de pessoas através do planejamento, informatização e controle”, complementa.

O secretário adjunto de Gestão Administrativa da Sespa, Peter Cassol Silveira

O secretário adjunto de Gestão Administrativa da Sespa, Peter Cassol Silveira, explica ainda que o objetivo do workshop é melhorar também a execução orçamentária e financeira. “Além de conter elementos que propiciam a eficiência do gasto público, o encontro incentivou a proposição de ações que contribuirão para o aperfeiçoamento das ferramentas de gestão”.

O workshop trouxe conteúdo de gestão de recursos públicos através de métodos que favorecem também a eficiência operacional de hospitais públicos do Pará. “Nele, os gestores poderão refletir sobre o momento do Estado e do País, as demandas cada vez mais exigentes da população e como que a Secretaria pode reestruturar sua forma gerir recursos que são tão essenciais para a sociedade”, explica o especialista em Gestão Pública da Comunitas, Washington Bonfim.

Durante o encontro, os participantes foram estimulados a listar os principais planos de ação para racionalizar os gastos na saúde de forma que mais pessoas sejam atendidas, sem que isso implique em um aumento de despesas, mas com o intuito de identificar oportunidades imediatas de melhoria, buscando mais eficiência e efetividade.

(Fotos de José Pantoja – Ascom/Sespa).

Você pode gostar...