Ação de Saúde em Belém marca encerramento do Novembro Azul

Encerramento do Novembro Azul no Terminal Hidroviário de Belém

Uma Ação de Saúde no Terminal Hidroviário de Belém marcou, nesta sexta-feira (29), o encerramento da programação alusiva à Campanha do Novembro Azul, realizada pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio da Diretoria de Políticas de Atenção Integral à Saúde (Dpais) e Coordenação Estadual de Saúde do Homem durante o mês de novembro. Neste ano, o tema foi “Tempo é vida, cuide da sua saúde, a hora é agora”.

Equipe do ParáPaz conversa com usuário sobre violência

Para essa atividade, que aconteceu das 8h às 12h, a Sespa contou com parceria da Coordenação Estadual de Nutrição, Coordenação Estadual de Doenças Crônicas Não Transmissíveis, da Escola Técnica do Estado (Seduc) e do ParáPaz. Foram ofertados serviços como aferição de pressão arterial e glicemia capilar, avaliação e orientação nutricional, podologia e roda de conversa sobre Saúde Integral do Homem e Prevenção da Violência no Trânsito.

Segundo o coordenador estadual de Saúde do Homem, Diego Leite, a finalidade do evento foi alertar a população masculina sobre as doenças crônicas não transmissíveis, que são responsáveis por elevado número de óbitos masculinos e diminuir as ocorrências de mortalidade por causas externas que podem ser prevenidas, como a violência e os acidentes de trânsito.

“Nossa Coordenação cumpriu com a programação do Novembro Azul de 2019, no qual seria abordada a saúde masculina de forma integral e não somente a questão do câncer de próstata”, afirmou Diego. Ele ressaltou, ainda, que as atividades não se restringiram à Região Metropolitana de Belém. “A programação incluiu a Região Carajás (Marabá) e Baixo Amazonas (Santarém) e os 13 Centros Regionais de Saúde da Sespa foram incentivados por nós a desenvolver ações voltadas à saúde do homem, inclusive, alguns desses centros nos enviaram seus projetos e registros fotográficos das ações realizadas”, acrescentou o coordenador estadual.

Tapajós – No dia 22, Santarém também sediou o Seminário de Saúde do Homem, tendo como temas principais “Câncer de próstata e de pênis” abordado pelo médico Alberto Tolentino Neto; “Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, por Diego Leite; “Violência no Gênero Masculino”, pela enfermeira técnica da Coordenação Estadual de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas e “Direito Sexual e Reprodutivo de Adolescentes e Jovens” pela coordenadora estadual de Saúde do Adolescente, Vera Canto. “Todos contribuíram para a promoção e o fomento da Saúde do Homem, atualizando profissionais e usuários acerca dessas temáticas”, disse Diego.

Diego Liete, coordenador estadual de Saúde do Homem

Para o coordenador estadual, considerando a cultura negativa do homem não se ver inserido nos serviços de saúde, “é necessário que mais profissionais de Saúde e Educação sejam sensibilizados a realizar busca ativa contínua de usuários masculinos para conscientizá-los da importância da prevenção de agravos à saúde”.

Texto: Roberta Vilanova (com informações de Diego Leite)

 

Você pode gostar...