Hospital Galileu volta a atender casos de traumas ortopédicos

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG) voltou a atender nesta sexta-feira (26) casos de traumas ortopédicos, após 49 dias dedicados exclusivamente a pacientes de Covid-19. Com 94 leitos clínicos e dez de UTI (Unidade de Terapia de Intensiva) disponibilizados durante a pandemia, o Hospital registrou a recuperação de 145 pacientes. Depois do ciclo de atendimentos aos casos de Covid-19, a unidade voltou a ser referência e retaguarda para casos de traumas ortopédicos, cirurgias de alongamento ósseo e torácica, e urologia.

Aos 92 anos, o aposentado Antônio Lameira é um dos pacientes recuperados de Covid-19 no Hospital Galileu. Após sete dias internado, ele voltou para o convívio de seus quatro filhos, dez netos e dois bisnetos. Além dele, o vendedor Jefferson Assayag, 54 anos, venceu a doença depois de ficar em estado grave na UTI. “Passei por uma verdadeira luta durante os dias que fiquei na UTI. Mas a assistência que tive aqui dentro foi de primeira e fundamental para minha recuperação”, afirmou Jefferson, que aos poucos retorna à rotina diária. Ambos são exemplos de superação e esperança, e também da dedicação diária dos profissionais da unidade.

Humanização – Apesar da pandemia, que exige o reforço de protocolos de higiene e normas de segurança, ações de humanização não deixaram de ocorrer no Hospital Galileu, como a visita virtual, que possibilitou o contato de pacientes com seus familiares por meio de chamadas de vídeos. As ligações foram feitas diariamente, garantindo ao familiar e ao paciente o acolhimento necessário nesse período.

Durante o período de atendimentos a pacientes de Covid-19, o HPEG precisou se adaptar à necessidade de atender a um novo perfil de usuário, implantando novos fluxos e treinamentos e readequando seu espaço físico. O diretor Hospitalar da unidade, Rodrigo Fauth, ressaltou o trabalho da equipe e agradeceu pela dedicação. “Essa pandemia nos mostrou uma equipe que nunca desistiu da sua missão. Esses profissionais são exemplos de força e determinação, conseguindo neste período salvar muitas vidas. São pessoas que retornaram para a sociedade com saúde, levando felicidade aos seus familiares. Preciso dizer que o momento trouxe à tona a certeza de que o HPEG estará sempre preparado para atender à população paraense que necessita do atendimento público e gratuito”, assegurou o diretor.

Você pode gostar...