7º Centro Regional de Saúde realiza oficina de indicadores de hanseníase

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio do 7º Centro Regional de Saúde (CRS), realizou, de 13 a 16 de outubro, a Oficina de Indicadores e melhores Práticas no Sinan Net, reunindo dois técnicos de cada município abrangido pelo 7º CRS.

Segundo a coordenadora regional de Hanseníase do 7º CRS, Rita Beltrão, o objetivo da oficina foi capacitar os técnicos municipais para notificarem de maneira mais eficaz os casos de hanseníase na rede municipal de saúde. “Eles serão multiplicadores para os demais profissionais de saúde do seu município”, informou.

Participaram técnicos dos municípios de Chaves, Cachoeira do Arari, Muaná, Soure, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Ponta de Pedras. O município de Afuá não conseguiu enviar representante, mas terá acesso ao conteúdo da oficina.

Durante quatro dias de oficina, foram abordados os seguintes assuntos: uso de ferramentas do programa para monitoramento dos casos de hanseníase, emissão de relatórios, notificação, boletim de acompanhamento, duplo registro, homônimos, Tabwin, avaliação dos indicadores epidemiológicos e avaliação dos indicadores operacionais etc..

Texto: Roberta VIlanova/Sespa

Você pode gostar...