PROJETO MAPEAR PARA EDUCAR: descobrindo e valorizando talentos

Servidor, participe preenchendo o formulário abaixo.

http://sistemas.saude.pa.gov.br:8081/projetoMapear/publico/CadastroPessoa.xhtml

O formulário está estruturado em 5 partes:

  • Identificação pessoal
  • Identificação institucional
  • Escolaridade
  • Questionário (questões objetivas e subjetivas)
  • Confirmação

Os itens com asterisco (*) são de preenchimento obrigatório. Cada etapa só será ultrapassada com o correto preenchimento destes itens.

O formulário preenchido só será salvo ao confirmar as informações (etapa 5).

Os dados dos servidores serão mantidos em sigilo. Só terão acesso aos mesmos a equipe técnica da Gerência de Formação e Desenvolvimento – GFD.

Histórico do Projeto Mapear para Educar: descobrindo e valorizando talentos

O Projeto surgiu em 2009 a partir da necessidade de se identificar o perfil dos servidores da Sespa. As primeiras ações foram executadas pela equipe técnica da Divisão de Treinamento (DITRE), atualmente, Gerência de Formação e Desenvolvimento (GFD), vinculada à Coordenação de Educação em Saúde e Diretoria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde.

O levantamento de dados de 2009 alcançou 4.095 servidores (47% do universo de servidores efetivos e temporários) da Sespa e permitiu identificar, em especial, uma grande desmotivação por parte dos servidores, pela ausência de uma política efetiva de valorização profissional no âmbito da Sespa. Os servidores almejavam atualização dos seus conhecimentos, tanto em cursos de curta duração quanto de Aperfeiçoamento, Especialização, Mestrado e Doutorado.

A partir desse levantamento, novas ações e proposições, na área da educação em saúde, vêm sendo implementadas pela GFD. A parceria com a Escola de Governança do Pará (EGPA) e a ampliação das ações de formação pela Escola Técnica do SUS (ETSUS) têm sido fundamentais para o fomento dessas ações.

Em 2011 o projeto recebeu o Prêmio INOVASUS do Ministério da Saúde como importante ação na área da gestão do trabalho e educação na saúde no âmbito do SUS.

Em 2012 o Mapear foi apresentado com êxito no 10º Congresso Internacional da REDE UNIDA no Rio de Janeiro, alavancando o processo de discussão do projeto à luz da prática da Gestão do Conhecimento, e que teve início, efetivamente, em 2013 com o processo de modernização gerencial no âmbito da Sespa.

Atualmente, o Mapear para Educar constitui-se o projeto-base da GFD tendo como principais objetivos:

  • Traçar o Perfil Socioeducacional dos servidores efetivos da Sespa;
  • Mapear o conhecimento produzido pelos servidores identificando suas expertises, habilidades e competências;
  • Identificar as necessidades e interesses dos servidores relacionando a sua qualificação profissional na perspectiva do fortalecimento e consolidação do SUS;
  • Estimular a socialização do conhecimento produzido pelos servidores por meio de palestras, publicações, seminários, cursos, oficinas, rodas de conversas e divulgar as experiências exitosas;
  • Implantar o Banco de Talentos da Sespa que permita identificar e valorizar as expertises dos servidores e aplicar o conhecimento produzido no âmbito institucional.

O projeto será desenvolvido em 4 etapas e deverá se consolidar até dezembro de 2018:

1ª etapa – Execução da pesquisa junto dos servidores por meio do preenchimento do formulário online;

2ª etapa – Sistematização, análise dos dados e identificação das necessidades e interesses dos servidores voltados à sua formação e qualificação profissional;

3ª etapa – Divulgação do perfil socioeducacional e implantação do Banco de Talentos da Sespa;

4ª etapa – Gerenciamento do Banco de Talentos com atualização permanente dos dados dos servidores.