GFD – Projetos

PROJETO MAPEAR PARA EDUCAR: descobrindo e valorizando talentos

O presente projeto é uma ação da Gerência de Formação e Desenvolvimento/CES/DGTES/SESPA, que visa fomentar processos que conduza, ao desenvolvimento de uma cultura de aprendizagem organizacional na Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESPA).

O projeto surgiu em 2009, a partir da necessidade de se identificar o perfil dos servidores da SESPA. Seus resultados contribuíram para o redirecionamento das ações de aprimoramento profissional com maior investimento nas ações de gestão do trabalho e de educação na saúde no Pará. Em 2011, o projeto recebeu o Prêmio INOVASUS do Ministério da Saúde, qualificado como experiência exitosa no âmbito do SUS. Em 2012, foi apresentado no 10° Congresso Internacional da REDE UNIDA no Rio de janeiro, destacando-se pela inovadora pratica da Gestão do Conhecimento que, ainda hoje, o fundamenta, compreendida como um processo sistemático de identificação, criação, renovação e aplicação dos conhecimentos que são estratégicos na vida de uma organização.

A GFD em parceria com a Coordenação em Tecnologia e Informática em Saúde – CTIS / SESPA, utilizando uma base de dados especialmente pensada para este fim, estruturada a partir de um formulário eletrônico disponível online no Portal da SESPA, alcançou um universo amostral dos servidores da SESPA, traçando o perfil socioeducacional (anexo Perfil Socioeducacional dos Servidores da SESPA)

Na fase atual, a GFD em parceria com CTIS/SESPA, busca a atualização do perfil socioeducacional dos servidores com vistas à execução de novas ações voltadas à sua formação e qualificação, bem como, a implantação de um banco de dados que permita identificar e potencializar os talentos dos servidores.

Objetivos:

Geral:

Promover o desenvolvimento de uma cultura de aprendizagem organizacional no âmbito da SESPA por meio da gestão do conhecimento, conhecendo o perfil dos trabalhadores, suas habilidades, competências e expertises, e armazenamento e atualização contínua das informações com a implantação de um sistema informatizado de dados (Banco de Talentos) que permitam identificar, renovar, socializar e aplicar o conhecimento produzido no âmbito institucional

Específicos (Fase atual):

  • Atualizar o perfil socioeducacional dos servidores da SESPA;
  • Identificar e/ou atualizar as necessidades e interesses dos servidores quanto à sua formação e qualificação profissional na perspectiva do fortalecimento do SUS;
  • Mapear o conhecimento produzido pelos servidores identificando suas expertises, habilidades e competências;
  • Estimular a socialização do conhecimento produzido pelos servidores por meio de palestras, publicações, seminários, cursos, oficinas, rodas de conversas e divulgação das experiências exitosas;
  • Implantar o banco de talentos da SESPA.

Itinerante

O projeto Itinerante se propõe a desenvolver ações de Educação Permanente em saúde no local de trabalho dos servidores, transformando esses espaços em “ambientes de aprendizagem”. Tal proposta vem despertar a reflexão e fornecer o diagnóstico sobre a realidade dos serviços e dialogar sobre as necessidades existentes, com contínua formulação de estratégias para solução dos problemas evidenciados. As atividades são desenvolvidas a partir de metodologias ativas, com realização de oficinas, rodas de conversa, dentre outros métodos. As atividades são demandadas pelos responsáveis das Unidades e Setores da SESPA, em que as ações educativas devem ser encaminhadas à GFD com antecedência de no mínimo 30 (trinta) dias para apoiar os setores demandantes.

O presente projeto tem como objetivo geral desenvolver ações de educação em saúde aos servidores da SESPA no seu local de trabalho visando à integração qualificada e humanizada no âmbito do SUS e apresenta como objetivos específicos:

  • Identificar as necessidades e interesses (institucionais e dos servidores) com vistas à formação e qualificação dos trabalhadores da saúde;
  • Promover o processo de formação e qualificação dos servidores da SESPA no seu local de trabalho;
  • Favorecer espaço para diálogo e a troca de saberes entre servidores nos diferentes níveis de gestão;
  • Refletir sobre o desenvolvimento de ações integradas na área da saúde na perspectiva da interdisciplinaridade;
  • Discutir temáticas relacionadas à gestão do trabalho e da educação na saúde no SUS;

Favorecer as relações interpessoais melhorando o clima organizacional.

Dentro do Projeto Itinerante encontram-se também as Oficinas de Práticas Educativas, que nasceu da demanda nas Unidades de Saúde de um maior entendimento acerca dos fluxos de processos de práticas educativas, formulários obrigatórios e uma melhor integração ensino-serviço.

Projeto Acolher para Integrar e Fortalecer a Gestão

O presente projeto tem como propósito acolher, integrar e qualificar os servidores e gestores ingressantes na SESPA, e os servidores e gestores das Organizações prestadoras de serviço de saúde pública vinculadas à Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará, visando atender aos objetivos estratégicos da SESPA, no que diz respeito à gestão do trabalho em saúde no estado, o seu fortalecimento, e a valorização do servidor público da área da saúde.

O projeto traz em seu escopo o desenvolvimento de ações que favoreçam a construção de uma relação de corresponsabilidade, confiança e compromisso entre os servidores, gestores, prestadores de serviços e usuários dos serviços de saúde, contribuindo para a promoção e legitimação do sistema público de saúde no Estado do Pará.

As ações de acolhimento e integração contarão com seminários, encontros, debates, assessoramento aos gestores, socialização de material informativo sobre os princípios, diretrizes, organização, funcionamento e gestão do Sistema Único de Saúde – SUS, previstos na Lei Nº 8.080, de 19 de Setembro de 1990, que dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências; sobre a estrutura organizacional e administrativa da SESPA, e sobre o marco legal e normativo que rege a relação jurídico/funcional entre o servidor e o Poder Público, dentre estes, o Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civil da Administração direta, das Autarquias e das Fundações Públicas do Estado do Pará – Lei N° 5.810, de 24 de Janeiro de 1994, que dispõe sobre que define os direitos, deveres, garantias e vantagens dos Servidores Públicos Civis do Estado; Lei Nº 8.666, de 21 de junho de 1993, que regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal e institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências; Lei Complementar Nº 07/91, de 25 de Setembro de 1991, que regula o art. 36 da Constituição do Estado do Pará, dispondo sobre a contratação por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

Considera-se que as ações do projeto contribuirão para que, servidores, gestores e prestadores de serviços conheçam suas prerrogativas e desenvolvam com responsabilidade, ética, competência técnica, gerencial e política suas atividades, de modo a contribuir com a oferta de serviços públicos de qualidade e voltados à efetivação do SUS, o que justifica o desenvolvimento do projeto.

Objetivos:

  1. Geral: Acolher, integrar e qualificar os servidores e gestores ingressantes na SESPA e prestadores de serviços públicos, possibilitando o desenvolvimento de competências técnica, gerencial e política em prol da prestação de serviços de qualidade, com vistas à efetivação do SUS.
  2. Específicos:
  • Estimular o compromisso entre os servidores enfatizando a atenção e gestão em saúde;
  • Incentivar o comprometimento do servidor ingressante com o desenvolvimento de ações de prevenção, proteção, recuperação e promoção da saúde do cidadão;
  • Disponibilizar o acesso a informações que possibilitem o conhecimento da SESPA nos seus aspectos espacial, políticos, administrativos, apresentando sua missão, valores e objetivos estratégicos, compromissos éticos e responsabilidades com a organização e funcionamento do SUS;
  • Proporcionar o conhecimento dos direitos, deveres e vantagens do servidor incluindo o RJU e o estágio probatório.

O projeto prevê as seguintes ações:

Mapeamento dos servidores e gestores ingressantes na SESPA (Concurso público, Processo Seletivo Simplificado, ingressantes para Cargos Comissionados);

  • Elaboração do Guia de Informações aos Servidores Públicos da SESPA e Organizações Prestadoras de Serviços de Saúde Pública
  • Realização de 02 (dois) Seminários de Acolhimento e Integração voltado aos servidores / gestores ingressantes na SESPA e gestores /servidores das Organizações Sociais prestadores de serviços de saúde pública. Os seminários acontecerão em Belém (participação presencial), com transmissão por videoconferência aos servidores e gestores lotados nas unidades de saúde de outros municípios que não puderem se fazer presentes. Os eventos serão realizados em 02 (dois) dias, nos turnos da manhã e tarde, por meio de palestras, exposições dialogadas, interativas e motivacionais e apoio de mídias institucionais, focadas na abordagem da responsabilidade e do comprometimento com o trabalho. A abertura contará com a presença dos gestores da SESPA e boas vindas a ser proferida pelo Secretário de Saúde Pública do Estado do Pará. As atividades terão carga horária total de 16 horas. Os participantes deverão ter 100% de frequência. As atividades serão divulgadas por meio de Comunicação Interna (CI) a todos os servidores e/ou por e-mail e telefonema;

Assessoramento às unidades de saúde / setores onde forem lotados os servidores e gestores, por meio de visitas técnicas, reuniões, Rodas de Conversas, socialização de material informativo (Guia de Orientações ao Servidor da SESPA).

Projeto Jornada Técnico-Científica na Educação na Saúde da SESPA (Versão Presencial)

O presente projeto foi elaborado e é executado pela Gerência de Formação e Desenvolvimento – GFD/CES/DGTES/SESPA. É desenvolvido a partir de um mapeamento inicial de trabalhos, pesquisas e experiências exitosas desenvolvidas pelos servidores da SESPA liberados para cursos de curta ou longa duração (aperfeiçoamentos, especializações, mestrados, doutorados) e eventos de modo geral, constatando-se a relevância do conhecimento sistematizado em artigos, dissertações, teses e relatos de experiências e a sua necessária socialização.

Nesse sentido, a GFD, tem como propósito, por meio da JORNADA TÉCNICO-CIENTÍFICA DE SAÚDE DA SESPA fomentar processos que conduzam ao desenvolvimento de uma cultura de aprendizagem organizacional no âmbito da SESPA, bem como impulsionar a relação entre os saberes e práticas acadêmicas e dos profissionais atuantes no SUS, tendo como premissa a compreensão de que, a administração dos seus ativos de conhecimento permitirá à organização “saber o que ela sabe” (TERRA, 2000).

Desse modo, o projeto foi elaborado como uma estratégia de intervenção no campo da formação acadêmica e desenvolvimento dos trabalhadores da SESPA, à luz da Política de Educação Permanente em Saúde, oportunizando a produção de diálogos, o compartilhamento de experiências e ideias promovendo a reflexão sobre as melhores práticas e a construção de novos conhecimentos.

Considerando a abrangência do projeto (pesquisas, estudos ou experiências exitosas desenvolvidas nas treze Regiões de Saúde) é pertinente apontar que, da sua execução poderão advir resultados importantes para o desenvolvimento de ações estratégicas no âmbito da gestão e da educação na saúde com profícuo investimento na cultura organizacional, na valorização do servidor e nas práticas inovadoras com possibilidades de inspirar novas experiências de gestão do trabalho e educação na saúde no estado do Pará.

Considera-se também importante à participação das Instituições Formadoras, por meio dos discentes na área da saúde que tenham pesquisas, estudos de caso, artigos e trabalhos acadêmicos desenvolvidos em Unidades de Saúde da SESPA, por verificarmos que, apesar dos avanços na área da educação na saúde, ainda há desafios a serem superados e propostas a serem implementadas na área de ensino-serviço-comunidade.

Portanto, a JORNADA TÉCNICO–CIENTÍFICA DE EDUCAÇÃO NA SAÚDE DA SESPA está prevista uma vez ao ano para 150 participantes, tendo como público-alvo servidores da SESPA e discentes com trabalhos nas Unidades de Saúde da SESPA, ocorrendo durante três dias, no segundo semestre, nos turnos matutino e vespertino, propondo-se apresentar em média 20 trabalhos dos servidores da SESPA e 20 banners de trabalhos de discentes de graduação e residência.

As inscrições para participar e a inscrição dos trabalhos dos servidores e dos discentes são realizadas online no Portal dSESPA (www.saude.pa.gov.br).

Projeto Jornada Técnico-Científica na Educação na Saúde da SESPA (Versão Virtual)

Desde o ano de 2015, a Secretaria de Estado de Saúde Pública por meio da Gerência de Formação e Desenvolvimento – GFD/CES/SESPA, realiza a Jornada Técnico-Científica de Educação na Saúde da SESPA. Trata-se de um evento com o objetivo de Propiciar trocas de experiências, conhecimentos, vivências entre os trabalhadores de saúde que conduzam à implementação da gestão de conhecimento no âmbito da SESPA e entre estes e discentes que desenvolvem trabalhos no âmbito da Saúde desta Secretaria.

JORNADA TÉCNICO–CIENTÍFICA DE EDUCAÇÃO NA SAÚDE DA SESPA está prevista uma vez ao ano (2° Semestre) para 150 participantes, tendo como público-alvo servidores da SESPA e discentes com trabalhos nas Unidades de Saúde da SESPA, propondo-se apresentar em média 20 trabalhos dos servidores da SESPA e 20 banners de trabalhos de discentes de graduação e residência.

Foram realizadas seis Jornadas com expressiva participação de servidores (2015, 2016, 2017, 2018), sendo que no ano de 2016 houve necessidade de realização de duas Jornadas (II e III), considerando a relevância de produção acadêmica dos Servidores e a necessidade de divulgação dos resultados das pesquisas para o aprimoramento da gestão técnica desta SESPA em suas 13 Regiões de Integração de Saúde.

Em 2020 em virtude da Pandemia da COVID 19 a VII Jornada não aconteceu, pois as atividades formativas presenciais foram suspensas e resguardadas pelos instrumentos jurídicos normatizados à prevenção e proteção em particular dos servidores da saúde.

Diante desse contexto pandêmico, para o ano de 2021, vislumbraram-se alternativas para que a VII Jornada seja realizada. Observou-se que no campo da Educação Permanente em Saúde a oferta de formação e capacitação de trabalhadores da Saúde foi programada, utilizando-se as tecnologias para os inúmeros ambientes virtuais com interfaces da gestão pública. Desse modo, está sendo planejada a Jornada Técnico-Científica de Educação na Saúde da SESPA na modalidade virtual, com suporte da Coordenação de Tecnologia e Informática em Saúde – CTIS para inscrição, utilizando a plataforma ZOOM para realização da Jornada.

Em sua versão virtual, a Jornada está prevista para 150 participantes, a ocorrer em dois dias, período matutino e vespertino (2° Semestre de 2021), e, contará com apresentação dos trabalhos dos servidores da SESPA por meio de comunicação oral em salas virtuais, ficando a disposição durante o evento apresentação gravada (10’) dos trabalhos dos discentes.

As inscrições para participar e a inscrição dos trabalhos dos servidores e dos discentes serão realizadas online no Portal dSESPA (www.saude.pa.gov.br).