Ação Cidadania garante atendimento para moradores de Aurora do Pará

O aposentado Raimundo Flor Barbosa, 70 anos, foi um dos atendidos: tirou a nova versão da carteira de identidade

O aposentado Raimundo Flor Barbosa, 70 anos, morador de Aurora do Pará, no nordeste paraense, foi um dos atendidos na Ação Integrada de Cidadania do governo do Estado, na manhã desta sexta-feira (14), na Escola Estadual Professor Hildeberto Reis. Ele não imaginava que seria o primeiro cidadão do município a ser beneficiado com a nova versão da carteira de identidade, que desde a última segunda  (10) passou a ser emitida pela Polícia Civil.

“Fiquei um pouco nervoso na hora de assinar meu nome no documento novinho, mas muito feliz por ser presenteado depois de tanto tempo de espera por conta desse vírus, e ainda sem gastar nada, nem a taxa de 2ª via, que geralmente cobram em outros lugares”, disse.

O programa do Governo do Pará retomou as atividades, por meio da Fundação ParáPaz, em parceira com outros órgãos estaduais, prestando atendimentos gratuitos que beneficiaram centenas de pessoas neste primeiro dia. É a primeira vez que a ação vai para Aurora do Pará, depois de já ter levado serviços gratuitos para 21 municípios paraenses, totalizando 38 ações e mais de 60 mil atendimentos.

Atendimentos gratuitos beneficiaram centenas de pessoas

A presidente da ParáPaz, Jamille Saraty, destacou a necessidade de voltar a promover as ações sociais, mantendo as recomendações por conta da Covid-19. “Ao voltarmos com os atendimentos, prevemos atender uma demanda reprimida dos município do interior do Estado, a fim de emitir documentos necessários, bem como serviços de saúde. É uma retomada cuidadosa com foco na contenção da contaminação do novo coronavírus. Por isso as senhas são limitadas e o uso de máscara é obrigatório”.

Os atendimentos se iniciaram às 8h e seguiram até as 15h. Entre os serviços disponíveis estão as consultas médicas, vacinas, testes rápidos de sífilis, hepatite B e C e HIV – para o diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis – testes e medicamentos para Covid-19, aferição de pressão arterial e glicemia, distribuição de kits de higiene bucal, além da emissão de documentos pessoais como a carteira de identidade e a certidão de nascimento e orientação jurídica.

Eunice Ferreira Lopes, 56 anos, trabalha pesado na roça todos os dias, mas tirou o dia de folga para se consultar com um médico, já que anda sentindo dores no corpo há algum tempo. “Achei ótimo o atendimento, não demorei esperando, foi super rápido. Meu marido e minhas filhas vieram também, mas cada um foi para um lado resolver suas coisas, no final a gente se encontra”, disse.

Serviço:

A ação integrada continua até sábado (15), também na Escola Estadual Professor Hildeberto Reis, entre 8h e 15h.

 

Você pode gostar...