Poli Itinerante avança rumo ao nordeste, sul e sudeste do Pará

Até o próximo dia 2 de julho, a Policlínica Itinerante cumprirá um extenso roteiro pelas regiões nordeste, sudeste e sul do Estado, levando atendimento para a população no combate do novo coronavírus. Nesta nova etapa, a versão móvel do projeto alcançará nove municípios, e durante um ou dois dias, dependendo da demanda, serão ofertadas consultas, além de tratamento, caso haja indicação médica, para sintomas leves e moderados da Covid-19, sempre entre 8h30 e 17h30.

Nesta sexta (19) e sábado (20), em Ipixuna, o serviço está disponível ao lado do Hospital Regional da cidade, na travessa Pedro Aires. Em Curionópolis, a Poli Itinerante estará presente durante todo o domingo (21), na Escola Municipal José Rodrigues.

Na próxima segunda (22) e terça-feira (23), o atendimento será em Mãe do Rio, na Escola Marechal Cordeiro de Farias, e também na cidade de Canaã dos Carajás, onde a carreta ficará estacionada na Unidade Novo Horizonte, localizada na Av. Ipanema.

Já no fim da semana, dias 25 e 26 de junho, será a vez de São Miguel do Guamá, na Escola João Simão Travassos, e no município de Xinguara, onde a população pode buscar os serviços ofertados no Colégio Dom Luis Moura.

No início da próxima semana, dias 28 e 29 deste mês, domingo e segunda, a equipe multiprofissional atende em Redenção, na Unidade de Saúde José Soares, e em Santa Maria do Pará, no Centro de Saúde Raimundo Gonçalves. Finalizando mais esta fase da extensão dos serviços da Policlínica, a estrutura chega em Conceição do Araguaia nos dias 1º e 2 de julho, na Escola Estadual 14 de Abril.

Em transmissão ao vivo realizada no início da tarde desta sexta (19), o governador Helder Barbalho informou que as ações da Poli Itinerante ainda vão se estender ao extremo sul do Estado, rumo à PA-279, chegando também a Tucumã, Ourilândia, São Félix do Xingu, e ainda para a região do Araguaia. “Onde houver um paraense, estaremos lá, com o governo presente cuidando da população neste enfrentamento ao coronavírus”, confirmou.

Texto: Carol Menezes/Secom

Você pode gostar...