Agentes de segurança são imunizados para proteger a sociedade

Ter a saúde em dia é fundamental para que qualquer pessoa possa exercer suas atividades com plenitude e eficácia. Com os profissionais que lidam com a segurança pública, mantendo a ordem social e protegendo a sociedade para prevenir que crimes ocorram, é necessário estar bem para cuidar do próximo. Para garantir a saúde e a imunização contra a Covid-19, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) promoveu mais uma rodada de vacinação para os servidores, neste sábado, 8, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP – PMPA).

Para o cabo Jonathan de Souza, que trabalha no Corpo de Bombeiros Militar do Pará e um dos que receberam a primeira dose da vacina Astrazeneca neste sábado, a imunização é muito importante. “Como a gente lida diretamente com as pessoas, no atendimento pré-hospitalar, no contato direto com pacientes que precisam ter confiança na segurança pública, a gente acredita que, com a vacinação, nós vamos poder estar mais próximos da sociedade, dando uma assistência de maior qualidade”, ressaltou.

Ao todo, foram disponibilizadas 1.010 doses da vacina aos profissionais de segurança pública que trabalham na Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Departamento de Trânsito, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, Secretaria de Administração Penitenciária, além da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Guarda Municipal de Belém. Ao todo, mais de 10 mil profissionais de segurança pública já foram vacinados, com a anuência do Ministério Público Estadual, no Pará.

A aplicação das vacinas foi feita pelos próprios profissionais da área médica que trabalham nas Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Federal.

“É uma enorme satisfação poder avançar mais uma vez na vacinação dos profissionais de segurança que estão, dia a dia, trabalhando arduamente para proporcionar paz à população, como mostra o levantamento que aponta abril de 2021 como o mês com o menor número de Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte – desde o ano de 2010”, enfatizou o secretário de segurança pública do Pará, Ualame Machado.

Texto: Aline Saavedra/Segup
Foto: Ascom/Segup

Você pode gostar...