Equipamentos para combate à Covid-19 chegam a Altamira e Redenção

Os municípios de Altamira e Redenção também já receberam os respiradores e bombas de infusão para auxiliar o atendimento a pacientes com síndrome respiratória aguda grave causada pelo novo coronavírus. Os aparelhos foram adquiridos da China pelo Governo do Estado e chegaram a Belém na última segunda-feira (04).

Em Altamira, o Hospital Regional Público da Transamazônica recebeu 03 respiradores e 12 bombas de infusão. “O envio desses respiradores pelo Governo do Estado vem num momento importante, onde a gente tem observado um aumento no número de pacientes atendidos – suspeitos e confirmados – de Covid-19 e reforçam a estrutura do Hospital Regional que é referência para atendimento de pacientes com a doença. Temos muito a agradecer ao Governo do Estado por estar olhando para a região de Altamira e do Xingu nesse momento tão difícil que todos nós estamos vivendo”, afirmou Edson Gonçalves Primo, diretor hospitalar da unidade.

Redenção também recebeu 03 respiradores e 12 bombas de infusão que vão equipar leitos disponibilizados para o atendimento de Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva, no Hospital Regional Público do Araguaia. “Além desses três, nós recebemos dois que foram consertados pelo Senai, em parceria com a Sespa. Os cinco leitos de Covid-19 terão suporte de UTI. É muito importante porque todos os pacientes graves, por mais que não utilizem os respiradores de imediato, têm um grande risco de evoluir. É muito relevante esse suporte para, caso precise, tenhamos como garantir a vida do paciente”, informou Pedro Anaisse, diretor geral do Hospital Regional Público do Araguaia.

Ao todo, chegaram 152 respiradores e 1.580 bombas de infusão, na madrugada de segunda-feira (4). No mesmo dia, o Estado embarcou 25 respiradores e bombas de infusão para atender os Hospitais de Campanha de Santarém (10 respiradores e 40 bombas), Marabá (10 respiradores e 40 bombas) e Breves (cinco respiradores e 20 bombas). Foram destinados também quatro respiradores e 16 bombas de infusão para Capanema. Além de Tucuruí, Redenção e Altamira, Parauapebas e Abaetetuba também devem receber três respiradores e 12 bombas de infusão para cada um dos Hospitais Regionais.

Texto: Dayane Baía/Secom

Você pode gostar...