Estado amplia atendimento para Covid-19 e outras síndromes gripais na Capital

Mais de 160 pessoas já receberam atendimento contra a Covid-19 e outras síndromes gripais das 10h até o meio da tarde deste sábado (31), em Belém. A assistência foi garantida pela unidade móvel da policlínica instalada ao lado do Hangar, que teve as atividades retomadas para garantir assistência médica à população. Toda a estrutura disponibilizada pelo Governo do Estado, por meio da Sespa, foi montada e entrou em funcionamento em apenas dois dias após o anúncio do retorno.

“Essa retomada foi pensada como uma estratégia preventiva do Governo do Estado, levando em consideração que já entramos em um período sazonal de viroses, que é comum no período de chuvas da região amazônica, e também porque a Covid-19 ainda não deixou de circular no Pará. Como os sintomas gripais e o do novo coronavírus são muito semelhantes, é importante que a população busque atendimento para identificar qual doença está lhe acometendo e fazer o tratamento da forma mais indicada. Visando assegurar assistência médica a todos, abrimos mais essa porta de atendimento”, explicou o secretário de saúde Rômulo Rodovalho.

Contando com a área de triagem, três consultórios, realização de exames de RT-PCR, entrega de medicamento quando necessário e 23 profissionais envolvidos, o local visa garantir atendimento para casos leves e moderados da doença e outras viroses.

A auxiliar de serviços gerais, Arlinda Cunha, acompanhante da paciente Rosinete Souza, considera que a volta dos atendimentos é positiva para a população. “Desde quarta-feira ela começou a se sentir mal, pela parte da noite piorou mais a febre e a dor no corpo. Na quinta eu levei ela no pronto-socorro onde fizeram uma medicação e voltamos pra casa. Como ela continua ruim, hoje resolvi trazê-la aqui, pois realizam testes e precisamos identificar o que de fato ela tem, por isso achei muito bom ter voltado o atendimento, disse.

Com sintomas gripais iniciados no último domingo a dona de casa, Elisângela Silveira, também aproveitou o primeiro dia de atendimento para fazer uma consulta na policlínica do Hangar. “Eu tô desde domingo sentindo alguns sintomas de gripe e já tinha procurado um médico na emergência, mas como passei uma noite ruim, resolvi buscar atendimento aqui, fui consultada, recebi medicação e fiz exame. Achei muito bom ter voltado a funcionar esse posto, porque muitas pessoas precisam de atendimento e essa iniciativa ajuda a desafogar hospitais e outras unidades de saúde”, avaliou Elisângela.

Serviço – A unidade móvel da policlínica no Hangar funciona todos os dias, de 8h às 17h para atendimentos de casos leves e moderados da Covid-19 e outras síndromes gripais. Casos graves devem buscar atendimento em UPAs e Pronto Socorros.

Texto: Laís Menezes/Sespa

Fotos: Ricardo Amanajás/Ag. Pará

Você pode gostar...