Estado firma acordo para oferta de pós-graduação em autismo para servidores públicos

Nayara Barbalho assina o acordo de cooperação para a realização do curso de Pós-graduação

Na tarde desta terça-feira (25) a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA) e a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa), por meio da Coordenação Estadual de Políticas para o Autismo (CEPA), firmaram acordo de cooperação para a realização do curso de Pós-graduação em nível de Aperfeiçoamento em “Políticas Públicas e Gerenciamento de Processos Inclusivo: um olhar para o Transtorno do Espectro do Autismo”.

A assinatura ocorreu no Salão de Atos, no Palácio dos Despachos, durante a cerimônia de assinatura de convênios da 2ª etapa do projeto Forma Pará, e contou com a presença do governador Helder Barbalho.

“Aqui celebramos a perspectiva real da utilização da Escola de Governança para a formação de profissionais que estejam voltados à inclusão através do programa ‘Um olhar para o Transtorno do Espectro do Autismo’. Isto é um projeto que envolve a Escola de Governança e a Secretaria de Saúde do Estado dentro de uma iniciativa transversal para que o estado possa cuidar dos seus autistas”, afirma o governador.

A ação surge com o objetivo de suprir a necessidade de qualificar servidores da área da gestão pública com foco nas áreas jurídicas, saúde, educação, assistência social, cultura, esporte e lazer, e capacitá-los na gestão de políticas públicas de inclusão, atendendo as legislações vigentes sobre o tema e também habilitando-os para a construção de projetos e captação de recursos nessa área.

A diretora geral da Escola de Governança, Evanilza Marinho, destaca a importância do tema para a capacitação dos servidores públicos. “Para a EGPA é gratificante poder ampliar o trabalho que realizamos com capacitações para a inclusão e nos inserir nesta política estadual que atenderá equipes multidisciplinares, ampliando o atendimento com qualidade nos municípios paraenses”.

O curso contará com 180 horas, realizadas durante o período de outubro de 2020 a junho de 2021 e ministradas na modalidade semi-presencial, capacitando um total de 350 servidores estaduais e municipais, proporcionando o acesso a conhecimentos para uma prática profissional no serviço público que responda aos desafios do processo inclusivo.

Nesta primeira fase, os cursos serão realizados nos municípios de Altamira, Barcarena, Breves, Capanema, Conceição do Araguaia, Goianésia do Pará e Itaituba.

“Para nós é um marco utilizar um instrumento de comunicação tão importante com os servidores, que é a Escola de Governança, para informar sobre práticas baseadas em evidências científicas que vão modificar o olhar sobre a pessoa com transtorno do espectro autista no estado do Pará”, explica a coordenadora estadual de políticas para o autismo, Nayara Barbalho.

No dia 18 de junho foi realizado o Webinário “Capacitar para incluir: um olhar sobre o autismo”, ação que marcou o lançamento do Programa de Capacitação em Autismo do Estado do Pará, previsto na Lei 9.061/2020, assinada pelo Governador Helder Barbalho no dia 22 de maio de 2020, instituindo a Política Estadual de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista.

Texto: Isabela Quirino/EGPA

Fotos: Marco Santos/Ag. Pará

Você pode gostar...