Estado levará serviços da Policlínica Itinerante a cinco municípios da região Nordeste

O atendimento aos casos leves e moderados visa evitar o agravamento dos sintomas de Covid-19

Os municípios de Capanema, Bragança, Tracuateua, Augusto Corrêa e Viseu, na região Nordeste, receberão no período de 30 de março a 12 de abril serviços de saúde oferecidos pelo Governo do Pará, por meio da Policlínica Itinerante. A população terá acesso a atendimento médico exclusivo para sintomas leves e moderados de Covid-19.

Além da consulta médica após a triagem, o paciente que apresentar quadro clínico suspeito da doença provocada pelo novo coronavírus poderá ser submetido, sob prescrição médica, a exames, como teste rápido, RT-PCR, IgG e IgM, além de medicamento, quando necessário.

“O objetivo é realizar o atendimento precoce para evitar que o paciente, com sintomas leves e moderados, agrave. Sintomas como tosse, dor de garganta, falta de paladar, falta de olfato são considerados sintomas leves da doença, que precisam ser avaliados. Por isso, quem tiver com esse quadro deve procurar nossas ações”, orienta Alessandra Amaral, coordenadora da Poli Itinerante.

A Poli Itinerante oferecerá à população serviços que já deram resultados positivos em outras regiões

Capacidade – Segundo ela, o acesso aos serviços de saúde da unidade itinerante estará disponível durante dois dias em cada município, das 8 às 13 h, com equipes especializadas. Serão médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêuticos e cirurgiões dentistas, além do pessoal administrativo, com o apoio da equipe da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) e da Fundação ParáPaz. A Poli Itinerante terá capacidade para 200 atendimentos diários.

“Essa é um estratégia que o Estado tem usado, e que verificamos que realmente tem gerado resultados positivos. Tivemos essas ações no ano passado e percebemos que há procura por esse atendimento agora. Por isso, optamos por intensificar, não somente na Região Metropolitana, mas em todo o Estado”, reforçou Alessandra Amaral.

Além do atendimento ofertado pelas Policlínicas itinerantes, a coordenadora ressaltou a importância da prevenção da doença. “As pessoas devem evitar as aglomerações, fazer o uso de máscara, lavar sempre as mãos e usar o álcool em gel. Só assim, a gente vai conseguir evitar que a doença continue proliferando”, reiterou.

Calendário e locais de atendimento da Policlínica Itinerante:

Capanema: 30 e 31/03 – na Escola Municipal Maria Amélia de Vasconcelos, localizada na Praça Magalhães Marata, nº 26 – Centro;

Tracuateua: 02 e 03/04 – na Escola Municipal Coronel Pinheiro Júnior, localizada na Avenida Mário Nogueira, nº 326 – Centro;

Bragança: 05 e 06/04 – na Escola Municipal Prof. Bolívar Bordallo da Silva, localizada na Travessa João Paulo Ribeiro, s/n – Padre Luiz;

Augusto Corrêa: 08 e 09/04 – na Escola Municipal Prof. Galvão, localizada na Praça 28 de Março, nº 73 – Centro;

Viseu: 11 e 12/04 – na Escola Municipal Padre Luciano Calderara, localizada na avenida Dr. Justo Chermont, nº 578-624 – Centro.

Serviço: Policlínica Itinerante em cinco municípios da região Nordeste. Atendimentos para casos leves e moderados de Covid-19, das 8 às 13h.

Texto: Michelle Daniel/NGTM

Fotos: Marco Santos/Ag. Pará

Você pode gostar...