Estrutura do Hospital de Campanha de Marabá é entregue nesta quinta (09) para a OS

A etapa estrutural do Hospital de Campanha de Marabá foi concluída no Carajás Centro de Convenções, no sudeste do Estado, nesta quinta-feira (09). A Organização Social responsável pela gestão da Unidade já iniciou o recrutamento de 185 profissionais que atuarão a partir da semana que vem nos casos leves e moderados de covid-19. Em uma área de 4 mil metros quadrados serão distribuídos 120 leitos que receberão pacientes de 39 municípios das regiões Sul e Sudeste, uma população estimada em 1,5 milhões de pessoas.

A unidade é uma das quatro erguidas pelo Governo do Pará. Ao todo, serão disponibilizados 720 leitos para casos leves e moderados de covid-19, em Belém, Santarém, Breves e Marabá. Os trabalhos de montagem da estrutura iniciaram no último sábado (4), o espaço deve receber os equipamentos clínicos no próximo dia 11.

O secretário Regional de Governo do Sul e Sudeste, João Chamon, disse que o Hospital deve começar a funcionar já na próxima semana. Foto: Arquivo / Ag. Pará

“A OS está fazendo o recrutamento das pessoas que irão trabalhar, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e todo o corpo clínico. A entrega de currículo foi por e-mail e eles seguem a seleção. A partir de hoje, a OS também já assume as instalações que estão prontas. A previsão é que até o meio da próxima semana, o hospital esteja pronto para o atendimento”, explicou o secretário Regional de Governo do Sul e Sudeste, João Chamon.

Em Marabá, assim como nas outras unidades, o atendimento só ocorrerá por meio de encaminhamento, ou seja, os hospitais de campanha não serão “portas-abertas”. Dependendo dos sintomas, a população deve procurar inicialmente as Unidades Básicas de Saúde, e se tiverem dificuldades respiratórias precisam se dirigir às emergências.

Os casos graves de covid-19, isto é, que necessitem de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) serão encaminhados para os hospitais de referência definidos no Plano de Contingência do Governo do Pará, como por exemplo o Hospital Regional do Sudeste do Pará (Marabá); Hospital Regional de Conceição do Araguaia; Hospital Regional Público do Araguaia (Redenção); Hospital Regional Público da Transamazônica (Altamira) e Hospital Regional de Tucuruí.

Emprego e Renda – O Governo do Pará vem mantendo contato com grandes empresas instaladas no interior do Estado, em busca de soluções para manutenção de emprego e renda das famílias. No dia 2 de abril, o governador Helder Barbalho reuniu com João José Oliveira de Araújo, presidente da Buritirama Mineração, sediada em Marabá, para a continuidade da produção de manganês no estado. A empresa garantiu a manutenção de 3,5 mil empregos, diretos e indiretos. O governo também mantém diálogo com a companhia para identificar ações conjuntas para enfrentamento ao novo Coronavírus.

Unidades prisionais – As casas penais de Marabá também receberam álcool gel para utilização por servidores e internos do sistema prisional. Por meio de licitação, 3 mil litros de álcool em gel vêm sendo distribuídos em todo o estado.

*Texto de Dayane Baía (Secom).

Você pode gostar...