Governador do Pará participa de conferência para compra de vacina russa Sputnik V

Governador Helder Barbalho durante a conferência virtual para tratar sobre a compra de mais vacinas para a população do Pará

O governador do Pará, Helder Barbalho, participou nesta quinta-feira (18) de uma conferência virtual com o Fundo Soberano Russo e o Consórcio dos Governadores da Amazônia para tratar sobre a compra da vacina russa Sputnik V. “A nossa intenção é vacinar a população, salvar vidas com a vacina. Nós, do Consórcio da Amazônia Legal, queremos esclarecer quantas doses serão destinadas aos estados da Amazônia e qual é a capacidade do Fundo Soberano Russo de produzir mais doses e, consequentemente, prazos e previsão de entrega para todos os estados que demandam vacina neste momento”, disse Helder Barbalho.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, ressaltou no encontro que “o desejo dos estados da Amazônia é um contrato nos mesmos moldes do que foi feito com os estados do Nordeste. Em razão do que já foi pactuado com o Nordeste, há o interesse de participação também dos estados da Amazônia”.

Membro do Fundo Russo de Investimento Direto, Vladimir Primak garantiu que as instituições governamentais têm prioridade na venda da Sputnik V

Prioridade – Um dos membros do Fundo Russo de Investimento Direto, Vladimir Primak, garantiu que a prioridade de venda da vacina é para as instituições governamentais. “A prioridade é dos governos; não vendemos a instituições privadas. A vacina Sputnik V custa cerca de US$ 10,00 e usa dois vetores de adenovírus diferentes em cada uma das duas doses”, explicou.

“Vamos fazer o possível para que possamos andar junto com o Brasil neste momento, principalmente com os estados do Norte e Nordeste. Estamos abertos à cooperação. Pretendemos chegar a um acordo com o Consórcio da Amazônia, e estamos prontos para aumentar nossa produção a partir de agosto”, acrescentou um dos membros do Fundo Russo de Investimento Direto.

Os governadores do Nordeste assinaram contrato com o Fundo Soberano Russo para a compra de 37 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya. As doses devem ser entregues ao Brasil entre abril e julho.

Nesta sexta-feira (19), o governador do Pará participará de outra reunião com o Consórcio dos Governadores do Nordeste para dar andamento ao processo de compra de vacina Sputnik V.

Texto: Tayná Horiguchi/Cosanpa

Fotos: Divulgação

Você pode gostar...