Governo amplia atendimento em traumatologia no Hospital de Conceição do Araguaia

Fotos: Maycon Nunes (Ag. Pará)

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), abriu as portas do Hospital Regional de Conceição do Araguaia (HRCA) para atender, sem necessidade de encaminhamento e durante 24 horas por dia, casos de baixa e média complexidade em traumatologia. Em vigor desde esta quinta-feira (11), a medida beneficiará pacientes do município e dos demais abrangidos pela região de Saúde Araguaia.

No hospital, a mudança também repercutiu na ampliação de 15 para 30 leitos em traumatologia e na disponibilidade de duas equipes ortopédicas. “Se os pacientes forem casos de alta complexidade, serão encaminhados para o Hospital Regional de Redenção, também da Sespa”, informa a diretora do hospital, Marcela Rodrigues dos Santos.

Os ajustes que estão sendo feitos no HRCA atendem as medidas que a Sespa vem tomando com o propósito de aumentar a oferta de atendimento por demanda espontânea em traumatologia em todas as regiões do Estado, tal como já foi iniciado na Região Metropolitana, por meio do hospital Divina Providência, em Marituba.

“Hoje, o atendimento do trauma é muito focado em trazer os pacientes para o Hospital Metropolitano, que é a referência no Estado, mas para descentralizar esse atendimento, estamos organizando essa nova estratégia que é abrir vários polos de ortopedia em outras regiões”, afirma Romulo Rodovalho, secretário de Saúde do Pará.

“É importante a população saber que, no HRCA, quem chegar lá, com o perfil de traumatologia, será atendido”, complementa Sipriano Ferraz, secretário adjunto de Saúde, ao considerar que fraturas de baixa e média complexidade são as consideradas mais simples, como as de mão, de punho, de antebraço, clavícula, tíbia, fíbula, antepé e pé. “Essas fraturas podem ser resolvidas com maior brevidade e menor complexidade e ficarão sob a responsabilidade do Hospital Regional de Conceição do Araguaia. Já fraturas de fêmur, quadril, bacia ou um paciente politraumatizado, que quebrou vários ossos ao mesmo tempo, ou que bateu a cabeça, são pacientes com perfil do Hospital Regional de Redenção”, explica.

As próximas cidades que terão hospitais com atendimento de traumatologia em regime de portas abertas serão Bragança, para atender a região dos Caetés, Paragominas, Ipixuna e Capanema.

Perfil – Com 396 servidores, o HRCA tem gestão direta da Sespa e atende usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) residentes em Conceição de Araguaia e em municípios vizinhos, como Água Azul do Norte, Bannach, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D’Arco, Rio Maria, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara.

Com 124 leitos e cerca de 860 internações mensais, o ambulatório do HRCA já tem oferecido consultas médicas nas especialidades de clínica médica, pediatria, ginecologia e obstetrícia, urologia, dermatologia, ortopedia, traumatologia, cardiologia e cirurgia geral.

E para dar suporte ao ambulatório e setor de internação, o HRCA também dispõe de um serviço de apoio diagnóstico com raios-X, ultrassonografia, doppler, tomografia, eletrocardiograma, teste ergométrico, mapa, holter e endoscopia. O hospital dispõe, ainda, de um laboratório de análises clínicas, que realiza cerca de seis mil exames por mês e serviços na área biopsicossocial, com fisioterapia, psicologia, fonoaudiologia e serviço social.

No setor de urgência e emergência, já superou a marca dos cinco mil atendimentos mensais. “Com a traumatologia atendendo com portas abertas durante 24 horas por dia, os números devem aumentar e o hospital já está preparado para essa demanda”, explica Sipriano Ferraz.

Você pode gostar...