Governo do Estado entrega mais 50 leitos para Covid-19 em Castanhal

O Governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), entregou nessa sexta-feira (26) o Hospital Regional de Castanhal, local que, neste primeiro momento, fará atendimento exclusivo a pacientes acometidos pela Covid-19.

“Trata-se de uma estratégia que está sendo adotada pela Secretaria de Saúde, preventivamente, colocando mais leitos à disposição na rede. Caso haja necessidade, nós já estamos com a retaguarda toda montada para o atendimento da Covid-19. Então, isso aqui vai ser um suporte, não só para a região nordeste, mas também para Belém. Caso o hospital de campanha atinja a sua capacidade de 420 leitos, nós teremos a retaguarda aqui em Castanhal”, afirma o Secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

No início da tarde, o governador Helder Barbalho esteve acompanhado da equipe de gestores da Sespa e realizou uma visita técnica ao hospital. “Nós estamos reforçando a oferta de leitos específicos para a Covid-19, para podermos com isso garantir atendimento as demandas de pacientes que estejam infectados. Esse incremento de leitos se soma a estratégia para que a região nordeste, junto com a região metropolitana, possam ter atendimento para toda população”, declarou o governador durante a visita aos leitos de UTI.

O Hospital Regional de Castanhal contará já a partir deste sábado (27) com 10 leitos de UTI e outros 15 leitos clínicos e ao longo da próxima semana abrirão mais 10 leitos de UTI e outros 15 clínicos totalizando 50 leitos nesta unidade voltados para o atendimento de casos do novo coronavírus. A previsão é que o atendimento inicie às 19h deste sábado com a chegada dos primeiros pacientes. O local não fará atendimento de urgência ou será portas abertas. Atenderá apenas os que vierem via regulação estadual. Os pacientes de Covid-19 serão atendidos em duas alas separadas, localizadas no segundo e terceiro andar. A expectativa é que o hospital receba esses casos pelo menos pelos próximos 90 dias.

Referência – Ainda neste semestre, o Hospital Regional de Castanhal deve iniciar os atendimentos para Oncologia e Ortopedia, ambos sendo referenciados pela Central de Regulação do Estado. A unidade realizará cirurgias de alta complexidade e terá capacidade para 650 internações hospitalares mensais além de 5 mil diagnósticos e 11 mil consultas nas duas especialidades para o atendimento de pacientes de Castanhal e outros 20 municípios próximos das terceira, quarta e quinta regionais de saúde.

Estrutura – O hospital conta com uma área de 28 mil metros quadrados. “O atendimento oncológico aqui será completo. Teremos desde a radioterapia até todos os outros exames diagnósticos necessários, inclusive terapêuticos como a quimioterapia. Nós teremos, ainda, dois aceleradores lineares, que são equipamentos de radioterapia, sendo que nenhum outro hospital no Estado tem essa estrutura. Nossa expectativa é que ele atenda um quantitativo muito expressivo de casos de câncer”, afirma Pedro Ribeiro Anaisse, Diretor Geral do Hospital.

O hospital, que já está com a sua estrutura completamente concluída, passa agora para uma nova fase que será a aquisição de equipamentos de oncologia e traumatologia. “Nossa prioridade, neste momento, é o combate à pandemia, mas nós já estamos preparando o hospital para atender as outras demandas. Estamos na fase de compra de todo o material necessário para atender a população da melhor forma possível e com aparelhos de ponta a fim de garantir um atendimento de saúde com qualidade para a população paraense”, conclui Ariel Barros, Secretário Adjunto de Gestão Administrativa da Sespa.

Texto:  Carolçiny Pinho/Sespa

Fotos: Marco Santos/Ag.Pará

Você pode gostar...