Governo do Pará garante mais 50 UTIs para tratamento de pacientes com covid-19

O governador esteve nesta sexta-feira (8), no Abelardo Santos, para entregar os novos leitos

O Governo do Estado do Pará entregou, nesta sexta-feira (08), 50 novas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) para pacientes com covid-19 na região metropolitana de Belém. Do total, 36 foram disponibilizadas no Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, no distrito de Icoaraci; 10 para o Hospital Universitário João de Barros Barreto, em Belém; e outras quatro para o Hospital Santa Maria, em Ananindeua.

 

“Já contamos, imediatamente, com 50 novos leitos de UTI para ofertar para aqueles que realmente precisam. Também estamos incrementando a rede e, com isso, diminuindo o percentual de ocupação de leitos no nosso Estado”, afirmou o governador Helder Barbalho.

“Meu marido está internado aqui desde ontem, mas ele está tendo toda a assistência, todos os cuidados necessários. Se Deus quiser ele vai sair dessa e eu só tenho a agradecer ao governador, por tudo que ele está fazendo por nós e por todo o investimento aqui no Abelardo Santos”, contou Tayssa Barbosa, após agradecer, de forma emocionada, o chefe do executivo no hospital.

Enquanto esteve no Abelardo Santos, Helder conversou com os profissionais que atuam na linha de frente, como enfermeiros, farmacêuticos e os trabalhadores que estão na retaguarda do combate à pandemia. Além disso, o governador vistoriou o andamento das obras na unidade.

“Quando nós recebemos o Abelardo Santos, nada havia sido feito no oitavo e no nono andar. Desde o primeiro momento, solicitei que fossem logo concluídos. O nono já esta pronto e vamos concluir o oitavo em no máximo 20 dias. Logo em seguida, abriremos mais 50 novos leitos. Todos os nossos esforços são para ampliar a rede clínica e de UTI para a nossa população”, informou Helder Barbalho.

Novos leitos de UTI já estão disponíveis

Com 28 mil metros quadrados de área construída, o Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS) é o maior hospital público do Pará. Ao todo, 11.078 atendimentos já foram realizados desde o dia 30 de abril deste ano, quando a unidade passou a receber casos de urgência, emergência e ambulatoriais de covid-19.

Alex Marques Cruz, Diretor Geral do hospital, avaliou como positiva a disponibilização dos novos leitos e explicou que as novas UTIS representam um reforço importante para a estrutura, que é cada vez mais procurada pelos acometidos da covid-19. “Os 36 leitos chegaram em um ótimo momento. Nós temos de pacientes que chegam em estado grave ao nosso hospital, que tem sido referência para o tratamento da covid-19, e precisamos atender todos”, finalizou.

Texto: Ronan Frias/Cohab

Fotos: Marco Santos/Ag. Pará

Você pode gostar...