Governo do Pará transforma em UTIs os 420 leitos do Hospital de Campanha de Belém

Novas medidas foram definidas neste domingo (19), em videoconferência com o governador Helder Barbalho

Neste domingo (19), o Governo do Pará entrega 20 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para a rede pública de saúde com respiradores e toda a estrutura necessária para atender pacientes diagnosticados com Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Ao longo da semana, mais 17 serão implantados. Todos estes leitos serão instalados no Hospital de Campanha do Hangar – Centro de Convenções, em Belém. Inicialmente, o Pará contava com 104 UTI’s exclusivas para o tratamento de pacientes com coronavírus. As medidas foram definidas em videoconferência.

Ao longo desta última semana, 45 novos leitos de UTI foram instalados no Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci. Com os 37 que estão sendo implantados no Hangar, serão 186 leitos para atender à população.

Além disso, equipamentos médicos comprados da China já saíram da capital do país, Pequim, para Xangai e o destino será Belém. São 400 respiradores, 400 monitores multiparamétricos e 1.600 bombas de infusão. A previsão é que cheguem na capital paraense entre os dias 26 e 27 abril. Com isso, o Estado transforma em UTIs todos os 420 leitos atuais do Hospital de Campanha, em Belém.

Com os equipamentos, Hospital de Campanha terá toda a estrutura necessária para atender pacientes com Covid-19 (Foto Bruno Cecim)

Além dos leitos de UTI, a partir desta segunda-feira (20), haverá um chamamento para exames de tomografia, que identifica a situação dos pulmões e auxilia no diagnóstico para Covid-19. “Nós vamos disponibilizar exames de tomografia no Hospital Metropolitano e também na Policlínica. Para o Hangar, vamos enviar tomógrafo móvel. A ideia é ampliar o serviço e colocar tomógrafos em diferentes bairros para fazer exames com o encaminhamento necessário para tratamento. A previsão para esses tomógrafos é de 15 dias”, disse o governador.

A partir de segunda (20), o Pará também publicará um chamamento para contratação de hoteis para profissionais de saúde, que por algum motivo não possam voltar para casa após o expediente e fiquem mais seguros e tranquilos em quartos de hotel sem expor familiares do grupo de risco em casa.

Hospital de Campanha do Hangar Centro de Convenções, em Belém (Foto Bruno Cecim)

O Governo também está estimulando e estabelecendo protocolo para uso da azitromicina com prescrição médica. Outra medida determinada pelo governador Helder Barbalho é a disponibilidade de 9 ambulâncias exclusivamente para a logística de transporte de pacientes diagnosticados com a Covid-19.

Municípios – Essas medidas estão sendo implantadas pelo Governo do Estado, mas é fundamental e necessário que os municípios também busquem ações além do isolamento social. As cidades paraenses já receberam cerca de R$ 105 milhões repassados pelo Ministério da Saúde para investir no combate à pandemia.

Texto:Tayná Horiguchi (Cosanpa)

Você pode gostar...