Governo leva ‘Saúde Por Todo o Pará’ a Curralinho e Santa Cruz do Arari

Governo leva ‘Saúde Por Todo o Pará’ a Curralinho e Santa Cruz do Arari

21 de agosto de 2021 Off Por Roberta Vilanova

O projeto leva atendimento em saúde principalmente para mulheres e crianças

Oito municípios do Arquipélago do Marajó já receberam os serviços itinerantes do projeto do governo do Estado “Saúde Por Todo o Pará”. Na sexta-feira (20), a ação ocorreu em mais dois municípios: Santa Cruz do Arari e Curralinho. A Expedição II já realizou mais de 4 mil atendimentos nos municípios de Ponta de Pedras, Muaná, São Sebastião da Boa Vista e Curralinho. O projeto promove o “Pacto pela Redução da Mortalidade Materna”, assegurando serviços diferenciados de saúde à população marajoara.

São 100 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, nutricionistas, psicólogos e pessoal de apoio, mobilizados para oferecer consultas médicas, emissão do benefício do Passe Livre, entrega de kits de higiene bucal, palestras e entrega de cadeiras de rodas a pessoas com deficiência (PcDs).

A primeira-dama Daniela Barbalho acompanhou a ação

Em Curralinho, a primeira-dama do Estado, Daniela Barbalho, acompanhou a ação na
Escola Municipal de Ensino Fundamental Lindalva Pinho. Segundo ela, “é importante estreitar os laços com os municípios, porque são eles que fazem o primeiro atendimento à população. A meta do governo do Estado é chegar aos 144 municípios paraenses, oferecendo serviços de qualidade para quem realmente precisa”.

A equipe multiprofissional da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) vai percorrer, nesta etapa do projeto, 15 municípios do arquipélago até 30 de agosto. Neste sábado (21), a ação itinerante ocorre no município de Bagre.

Cléber Édson, prefeito de Curralinho

O prefeito de Curralinho, Cleber Edson, ressaltou que a ação é histórica para o Marajó. “Eu estou muito feliz e agradecido pela presença do governo do Estado com sua equipe de profissionais de saúde percorrendo os municípios do Marajó, para reforçar o serviço de Atenção Básica à Saúde. Parabéns ao governador pela bela iniciativa”, disse o prefeito.

Uma das prioridades do governo na área de saúde, o “Pacto pela Redução da Mortalidade Materna” visa combater óbitos maternos na região do Marajó. Paralelamente, a Sespa atua para combater os impactos negativos da pandemia de Covid-19 no perfil epidemiológico dos municípios da região. A equipe multiprofissional oferece serviços exclusivos e diferenciados para atender mães e crianças.

Entrega de cadeiras de rodas

Inclusão e Reabilitação – A equipe do Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), que participa do projeto, avalia se há malformações em crianças. Se constatada a necessidade, as crianças são encaminhadas para avaliação de cirurgia ortopédica.

No Marajó, o “Saúde Por Todo o Pará” começou dia 17 de agosto, e deve prosseguir até 2 de setembro próximo, nos municípios de Cachoeira do Arari, Muaná, Ponta de Pedras, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista, Afuá, Chaves, Soure, Anajás, Bagre, Breves, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel.

Mais de 200 cadeiras de rodas já foram entregues pela Coordenação Estadual da Pessoa com Deficiência, da Sespa, na ação Marajó II, nos municípios de Ponta de Pedras, Muaná, São Sebastião da Boa Vista e Curralinho.

Segundo Iracy Tupinambá, da Sespa, as doações são feitas mediante demanda espontânea. “Nossa equipe avalia a necessidade e libera a cadeira de acordo com a patologia da pessoa. A coordenação estadual se faz presente na vida da população marajoara ao entregar produtos e equipamentos de excelente qualidade. Já entregamos mais de 200 cadeiras de rodas, e isso é motivo de muita alegria para nós”, disse.

Equipe é formada por 100 profissionais de saúde de diversas áreas

Educação – Durante as ações de saúde, uma equipe da Sespa ministra palestras sobre educação em saúde, enquanto os pacientes esperam pelo atendimento. A proposta é orientar e conscientizar a população do arquipélago sobre prevenção de doenças, quando e onde procurar atendimento. O tema principal é o combate à mortalidade infantil e neonatal, com enfoque na orientação de mulheres sobre a importância em realizar exames importantes, como exame do colo do útero (preventivo) e os destinados a identificar sífilis, HPV e HIV.

Kailane Alves, 18 anos, moradora da comunidade Cafezal, levou o filho de 3 anos para fazer exame na língua. “Fiquei sabendo por uma vizinha e corri pra cá. Fui atendida rapidamente e meu filho fez os exames que precisava. Esse tipo de ação é importante, porque a população do Marajó é muito carente. Então, só tenho a agradecer ao governo do Estado pelos serviços prestados neste dia”, declarou.

Mariza Pereira conseguiu atendimento para o pai

A dona de casa Mariza Pereira, 39 anos, da comunidade São Matheus, ficou feliz porque o pai foi referenciado para receber prótese para uma das pernas. “Eu estou muito feliz, mesmo. A vida do meu pai vai mudar pra melhor. Além do equipamento novo, ele conseguiu também encaminhamento para a emissão do passe livre. Foram duas conquistas importantes. Agradeço imensamente ao governo do Estado”, disse Mariza.

Levantamento técnico – Durante as ações, uma equipe da Sespa também visita Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e hospitais municipais para realizar um levantamento técnico sobre a situação dos locais e como a Secretaria, em parceria com as prefeituras, pode trabalhar para melhorar a Atenção Básica de Saúde para mães e mulheres do Marajó.

“A atenção primária é responsável pelo primeiro atendimento à família. Então, é importante fazer um levantamento da atual situação. A proposta é reforçar a parceria da Sespa com os municípios marajoaras, a fim de garantir serviços de qualidade à população”, ressaltou Samela Galvão, coordenadora estadual de Saúde da Família da Sespa.

Texto: Rodrigo Reis/Adepará
Fotos: Rodrigo Pinheiro/Ag. Pará