Graesp realiza transporte aeromédico de paciente de Portel, no Marajó, para Belém

O transporte assegurado pelo Graesp pôs fim à espera do paciente com traumatismo craniano, em Portel, pela transferência para Belém

O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), realizou na manhã desta quarta-feira (23) o transporte aeromédico de um paciente com traumatismo craniano, do município de Portel, no arquipélago do Marajó, para a capital paraense. A transferência foi acompanhada por militares do Grupamento e pela equipe médica e aconteceu no primeiro voo desta manhã às 7h20, com a aeronave aterrissando em Belém às 11h, onde uma ambulância já aguardava para fazer o deslocamento até o hospital.

O paciente, um jovem que sofreu acidente de motocicleta no último sábado (19) aguardava transferência da unidade básica de saúde, em Portel, para um hospital de referência na capital. Um leito foi disponibilizado pelo Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) de Belém na noite desta terça-feira (22), porém em horário que já não assegurava condições de voo para o traslado.

Para o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, mais uma vez, o grupamento demostra a sua importância e, principalmente, sua valiosa atuação em um estado do tamanho do Pará. “O Graesp novamente demonstra o quanto é necessário para atuar nas mais diversas frentes, em especial, no Pará, onde, se o transporte fosse feito de barco ou carro levaria dias ou, nem mesmo seria possível fazer”, afirmou.

O Grupamento Aéreo, vinculado à Segup, atua em ações policiais mas também garante serviços providenciais à população no Pará

De acordo com o diretor do Graesp, Coronel Armando Gonçalves, assim que o grupamento tomou conhecimento do caso, imediatamente entrou em contato com a equipe médica da Secretaria de Saúde Pública (Sespa) para ter mais informações sobre o paciente.

“Como os aviões da Sespa não conseguem pousar em Portel, nós usamos um Caravan do Graesp que é mais adequado para esse tipo de terreno, onde a pista é pequena. Nós preparamos a equipe médica da Sespa a bordo e fomos fazer o transporte deste paciente”, explicou o diretor do Graesp.

O Grupamento Aéreo, além de atuar em ações policiais, como no patrulhamento ostensivo, apoio em ações em casas penais, realiza também o transporte de animais, como foi o caso dos peixes-boi levados recente para uma unidade de conservação ambiental.

O Graesp também realiza o transporte de presos do sistema penitenciário, atuando no combate a incêndios, na prevenção em praias e estradas, durante o período de férias e finais de semana prorrogados, entre outros serviços à disposição da população paraense.

 

Texto: Aline Saavedra/SEGUP

Você pode gostar...