Grupamento Aéreo decola com novas doses de vacinas para o interior do Pará

As Secretarias de Estado de Saúde (Sespa) e de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) já iniciaram a distribuição das novas cargas de vacina que chegaram ao Pará no domingo (24) e na segunda-feira (25). O objetivo é fazer com que as doses cheguem o mais rápido possível a quem precisa. Nesta terça-feira (26), as duas primeiras aeronaves com as vacinas saíram do hangar do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) às 6h, tendo como primeiro destino os municípios de Altamira e Marabá.

A carga com 49 mil imunizantes produzidos pela Oxford/AstraZeneca foi recebida ainda no domingo e as novas doses da Coronavac na segunda. Ao todo, nos dois dias, 78 mil vacinas chegaram ao Estado.
Após a entrega em Altamira e Marabá, outros voos decolarão com destino aos locais mais distantes onde a vacina demoraria um tempo de locomoção muito maior se fossem por meio terrestre, fluvial ou mesmo aéreo, em voos comerciais.

“O nosso desafio é fazer a vacina chegar o mais rápido possível nos 144 municípios. Para se ter uma ideia, na primeira remessa, o Governo Federal demorou mais de um dia para entregar em todas as 27 unidades da federação e nós, em menos de seis horas, distribuímos em todas as 13 regionais de saúde e, em menos de 24 horas, nos 144 municípios do Pará já estavam com a sua vacinação iniciada. Então, o nosso desafio é manter essa celeridade para que a população receba logo essa vacina”, ressaltou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado.

O objetivo é fazer a distribuição de todas as vacinas em um único dia, em especial os municípios localizados na Calha Norte e oeste do Pará, que vive a segunda onda da doença. De lá, viaturas da Polícia Militar farão a escolta até que as embalagens contendo as vacinas cheguem aos seus destinos finais.

Serão empregados na distribuição oito aeronaves, sendo quatro helicópteros e quatro aviões. Tudo para reduzir o tempo de espera pelos imunizantes. Ao todo, um efetivo de 50 agentes estarão envolvidos diretamente no transporte aéreo. Pelos rios, duas embarcações do Grupamento Fluvial (GFlu) levarão os imunizantes para as cidades do Marajó.

O Graesp levará as vacinas para as cidades de Breves, Almeirim, Gurupá, Curralinho, São Sebastião da Boa Vista, Muaná, Altamira, Monte Alegre, Alenquer, Curuá, Óbidos, Oriximiná, Juruti, Terra Santa, Faro, Marabá, Conceição do Araguaia e Cametá. Em Breves, embarcações do Grupamento Fluvial de Segurança Pública (GFlu) já estarão aguardando para levar os imunizantes até Melgaço, Portel e Bagre.

 

Texto: Aline Saavedra/Segup

Fotos: Marcelo Seabra/Ag. Pará

Você pode gostar...