Hospital de Castelo de Sonhos realiza primeira cirurgia de emergência

O Hospital Público Geral de Castelo de Sonhos “João Trevian Sobrinho”, localizado a aproximadamente 1.100 km da cidade de Altamira, realizou sua primeira cirurgia de emergência desde que o novo centro cirúrgico da Unidade foi inaugurado, em 26 de maio.

O procedimento ocorreu na manhã desta quinta-feira, 10, quando atendeu o paciente M.B, de 25 anos, após sofrer uma fratura exposta na mão direita. Com duração de aproximadamente 50 minutos, a cirurgia foi realizada pelo médico Willian Miguel Cardoso de Souza, com a participação da enfermeira Mayara Aguiar e o técnico de enfermagem Felipe Berghahn.

Segundo Willliam, a cirurgia ocorreu da melhor forma possível e o paciente terá alta ainda nesta sexta-feira. “Me sinto muito feliz fazendo parte de mais um passo na evolução do Hospital de Castelo rumo à excelência do serviço, principalmente porque o grande beneficiado por esse atendimento é a população”, comenta.  O novo centro cirúrgico da unidade tem atendido, inicialmente, cirurgia geral, casos de emergência de baixa complexidade, além de ortopedia, ginecologia e obstetrícia.

A diretora do hospital, Louhana Silva, o início dos procedimentos cirúrgicos significa grande avanço para a região. “Antes não tinha esse tipo de serviço ofertado e a população tinha que procurar outro Estado ou se dirigir para outros pólos para ter um atendimento. Tenho um sentimento de dever cumprido e que estamos, enquanto Governo do Estado, no caminho certo prestando a assistência humanizada para essa população tão carente na área da saúde”, declara.

O Hospital de Castelo de Sonhos foi inaugurado em julho do ano passado e conta atualmente com 123 funcionários. Após um período atendendo exclusivamente pacientes com Covid-19, em 18 de maio deste ano iniciou o atendimento ambulatorial de mais especialidades: ortopedia, cirurgia geral, pediatria, ginecologia, obstetrícia e cardiologia.

“Estamos de portas abertas para a comunidade como um todo, oferecendo todos os serviços que um hospital deve ter, levando em conta o funcionamento gradativo. Portanto, comparando desde o início, temos um fluxo que tem aumentado consideravelmente e uma procura grande dos nossos serviços pela população castelense”, comenta Louhanna Silva.

Para ampliar os serviços, a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) está levando em consideração os atendimentos realizados no Pronto Socorro da unidade que aumentaram nos últimos meses. Assim como os demais atendimentos, o serviço ambulatorial seguirá um fluxo pré-estabelecido para as cidades da região que são atendidas pelo hospital: Castelo de Sonhos, Cachoeira da Serra, Comunidade km 1.000 e Novo Progresso.

“Nossa intenção é melhorar o atendimento a população e levar, para um número cada vez maior de paraenses, atendimento de qualidade. Esperamos que essa unidade hospitalar se torne em breve referência nos atendimentos da região”, afirma o secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

Os pacientes podem ser encaminhados às cirurgias no hospital por meio de agendamento feito pelas unidades de referência assim como aqueles que receberem atendimento ambulatorial no próprio local. A expectativa é fazer o atendimento de pessoas de Castelo de Sonhos, além de Novo Progresso e Cachoeira da Serra.

Você pode gostar...