Hospital Regional do Marajó informa gestantes sobre consumo de ervas medicinas

A usuária Janete Almeida recendo da servidora do Hospital uma muda de erva medicinal para cultivar em casa

Referência na assistência de média e alta complexidade, o Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), no município de Breves, no sudoeste do arquipélago marajoara, amplia a adoção das boas práticas de gestão hospitalar. Na manhã desta terça-feira (08), usuárias que aguardavam atendimentos no Espaço da Gestante participaram de uma ação de educação em saúde, dentro da Semana Mundial do Meio Ambiente.

Orientações sobre os benefícios de ervas medicinais, o consumo de chás e incentivo ao cultivo foram algumas das informações repassadas. A ação foi ministrada pelo Serviço de Nutrição e Dietética (SND), em pareceria com o Espaço da Gestante.

A orientação às gestantes integra a programação da Semana do Meio Ambiente

De acordo com a nutricionista do Hospital Regional do Marajó e coordenadora do SND, Renata Feio Neves, a ação surgiu da necessidade de orientar a forma correta de usar os chás durante a gestação e amamentação. “Muitas gestantes, durante a consulta, diziam fazer uso de chás abortivos, sem saber. A gravidez é um período na vida da mulher que exige cuidados especiais. Portanto, é fundamental conscientizá-las sobre os mitos e verdades relacionados às plantas medicinais. Foi uma troca de experiência bem legal, pois as mesmas já possuem horta em casa, e elas tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e contar suas histórias”, informou Renata Neves.

Iniciativa aprovada – Com seis meses de gestação, Janete Fonseca Almeida, 34 anos, espera o segundo filho. Ela aprovou as orientações adequadas sobre ervas medicinais e seus benefícios. “É sempre bom a gente tirar essas dúvidas a respeito das plantas, pois existem muitos benefícios que não conhecemos e ajudam em nossa saúde, e nos proporcionam uma alimentação mais saudável”, ressaltou. Janete levou para casa uma muda de erva medicinal e incentivou a adesão ao cultivo. “Se cada pessoa cuidasse de um espaço para plantação seria muito bom para o meio ambiente. A iniciativa foi excelente”, reiterou a dona de casa.

“Gostei muito da iniciativa. Nós, gestantes, ainda temos muitas dúvidas de como cuidar de uma alimentação saudável. Todos os hospitais deveriam ter palestras constantes sobre ervas medicinais e alimentação. Uma vez eu queria tomar um chá de gengibre, mas não sabia se fazia bem ou não. Como tinha dúvidas, preferir não tomar. O Hospital está de parabéns pela iniciativa”, ressaltou a auxiliar de Farmácia Maria de Nazaré Palheta Brabo, 31 anos, residente da cidade de Portel, ao destacar a importância da ação de educação em saúde. Com oito meses de gravidez, Nazaré espera seu terceiro filho, agora mais informada.

Serviço: O HRPM, que integra a rede de saúde do Governo do Pará, presta assistência de média e alta complexidade aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Arquipélago do Marajó. A unidade dispõe de atendimento ambulatorial de segunda-feira a sexta-feira, das 7 às 17 h.

Endereço: Avenida Rio Branco, 1.266, bairro Centro, na sede municipal de Breves. Mais informações: (91) 3783-2140 / 3783-2127.

Texto: Lucas Brilhante/HRPM

Você pode gostar...