Hospital Regional dos Caetés atenderá Ortopedia no sistema de portas abertas

Hospital Regional dos Caetés atenderá Ortopedia no sistema de portas abertas

19 de agosto de 2021 Off Por Roberta Vilanova

A medida vai beneficiar uma população estimada em 500 mil habitantes de 27 municípios

A partir desta sexta-feira (20), o Hospital Regional Público dos Caetés, em Capanema, no nordeste paraense, vai iniciar o atendimento no sistema de portas abertas para casos de baixa e média complexidade em ortopedia durante 24 horas. A medida vai beneficiar uma população estimada em 500 mil habitantes, formada por moradores de Augusto Corrêa, Aurora do Pará, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Capitão Poço, Castanhal, Concórdia do Pará, Curuçá, Ipixuna do Pará, Irituia, Mãe do Rio, Novo Repartimento, Ourém, Paragominas, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, São Miguel do Guamá, Tomé-Açu, Tracuateua, Vigia de Nazaré e Viseu.

O paciente que precisar desse tipo de atendimento não necessitará de encaminhamento prévio pelo sistema de regulação do Estado. Na unidade, o serviço de Ortopedia será voltado apenas para os casos de média e baixa complexidade. Os procedimentos de alta complexidade serão referenciados para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) de Ananindeua.

Para outras especialidades que não forem as de ortopedia, o HRPC continuará atendendo somente via encaminhamento da Central Estadual de Regulação. A unidade também é referência para Neurocirurgia, Cirurgia Geral e Terapia Intensiva. No Hospital, os usuários são 100% Sistema Único de Saúde (SUS) e contam ainda com suporte de consultas especializadas e exames laboratoriais, imagem e métodos gráficos, como radiografia, mamografia, ultrassonografia, tomografia computadorizada, endoscopia e eletrocardiograma.

“Com a melhora dos índices da Covid-19 no estado, estamos prosseguindo com os projetos que iniciamos no ano passado e um deles é o de disponibilizar portas abertas em ortopedia por todo o Pará. O de Caetés é o quinto a adotar esse fluxo de atendimento”, afirma o secretário adjunto de Saúde do Estado, Sipriano Ferraz.

Para o secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, a medida atenderá uma necessidade histórica dessa região, que registra altos índices de acidentes automobilísticos. “Nossa intenção é diminuir as transferências dos pacientes para outras localidades e ter outras unidades hospitalares referências em atendimento ortopédico em todo o Estado”, explica.

O diretor executivo do HRPC, Rodrigo Fröhlich, reitera que serão atendidos pacientes dentro do perfil de atendimento da Unidade, ou seja, ortopedia, cirurgia geral e neurocirurgia. “É uma demanda de saúde antiga da região e contribuirá para a celeridade nos atendimentos de emergência”, afirmou, ao destacar que serão ofertados também quantitativo maior de exames e consultas especializadas.

O atendimento em Ortopedia vem sendo ampliado em todo o Pará

Atendimento – Desde o segundo semestre do ano passado, o Governo do Estado, por meio da Sespa, trabalha para ampliar o atendimento de ortopedia em todo o Pará.

Em janeiro deste ano, o Hospital Regional do Tapajós (HRT), em Itaituba, no sudoeste do Pará, iniciou o atendimento em traumatologia pelo regime de portas-abertas para os casos graves e não graves, somando mais de 500 cirurgias. Já em fevereiro, o atendimento de ortopedia foi iniciado em Marituba, no Hospital Divina Providência, instituição filantrópica conveniado ao SUS, que já realizou 1.546 procedimentos cirúrgicos ortopédicos.

Voltada à população da região de integração do Araguaia, o serviço de portas-abertas 24 horas em traumatologia passou a ser feito também pelo Hospital Regional de Conceição do Araguaia, que já ultrapassou 2 mil cirurgias ortopédicas, enquanto casos mais complexos seguem encaminhados ao Hospital Regional de Redenção.

A mudança também aconteceu em Abaetetuba, onde o Hospital Regional do Baixo Tocantins – Santa Rosa iniciou o atendimento de portas abertas para casos de baixa e média complexidade em ortopedia, no dia 10 de maio, que já somaram mais de 500 procedimentos ortopédicos.

O HRPC é um órgão do Governo do Pará administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Sespa. A unidade hospitalar atende usuários 100% SUS, na avenida Barão de Capanema, nº 3191, no bairro Centro, em Capanema. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone: (91) 3462.3051.

Texto: Laís Menezes (SESPA) (Com colaboração de Vera Rojas (HRPC)

Fotos: Divulgação