Jovem escritora autista expressa o universo do autismo em livro impresso pela Ioepa

“Só quero agradecer, à minha tia, que faz tudo por mim, aos meus amigos que pararam pra ouvir as histórias”, disse Milena Costa.

Lançar um livro é um sonho para qualquer escritor, ainda mais quando essa obra representa um esforço de superação, um exemplo de vida. Este é o caso da jovem escritora Milena Lima Costa, de 17 anos, que nesta sexta-feira (06), recebeu os 420 exemplares de seu livro “Histórias de Milena”, ilustradas pelo também jovem Geovane Barbosa Ferreira.

Autora e ilustrador têm Transtorno do Espectro Autista, e a manhã de hoje foi marcada por emoção, lágrimas de felicidade com o livro entregue pelo coordenador da Editora Pública Dalcídio Jurandir, da Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa), Rodrigo Moraes. Milena Costa esteve cercada de familiares e afeto.

“Para nós esse momento é muito importante. Estamos orgulhosos de ter ajudado essa jovem contadora de histórias a colocar no papel suas narrativas. Isso só reafirma o papel de inclusão social da Editora Pública da Ioepa, por meio da literatura”, disse o coordenador da Editora da Ioepa, Rodrigo Moraes.

“Esse livro só reafirma o papel de inclusão social da Editora Pública da Ioepa, por meio da literatura”, afirmou Rodrigo Moraes, da Ioepa.

Participaram da entrega do livro editado pela Ioepa, além do coordenador, Rodrigo Moraes; Thiago Campelo, gerente da Autoridade de Registro da Ioepa; a autora Milena Lima Costa; a tia de Milena, Vânia Nascimento; Felipe Bordalo, do Centro Integrado de Ação e Cidadania (Ciic), da Secretaria de Estado de Assistência Social, Emprego e Renda do Estado do Pará (Seaster); Edilberto Silva, que fez toda a capa, a diagramação, foi designer e fez a arte gráfica do livro; e vários familiares de Milena. A jovem escritora é atendida pelo Ciic/Seaster.

As histórias de Milena são imaginativas, com aventuras, reviravoltas e fantasias. E isso fica claro a partir dos títulos das quatro narrativas que formam o livro: “O Bicho-Papão Brincalhão”, “O Menino Lucas e o Monstro Negro”, “Quem Foi?” e “Um Problema Gigante”. Os contos têm uma linguagem livre, misturam prosa e dramaturgia teatral, possuem muitos diálogos e as ilustrações são uma parte importante das narrativas.

Milena estava emocionada durante a entrega dos livros e agradeceu a todos que a ajudaram na jornada da escrita da obra: “Só quero agradecer. Em especial à minha tia, que faz tudo por mim, aos meus amigos que pararam pra ouvir as histórias, ao Geovane que ilustrou o livro e a todos que me ajudaram a chegar até aqui”.

A tia de Milena, Vânia Nascimento, também se emocionou com a entrega da publicação e resumiu o sentimento dos familiares da escritora. “Foi a realização de um sonho, do sonho da vida dela”.

O presidente da Ioepa, Jorge Panzera destacou a relevância da impressão do livro para a autarquia e o Governo do Estado, já que a publicação se insere na política pública de garantir acesso democrático ao livro e à leitura, princípio norteador das novas gestões do Estado e da Ioepa.

“Em nome da Editora Pública Dalcídio Jurandir, da Ioepa e do Governo do Estado do Pará queremos valorizar essa iniciativa, fomentando e promovendo a literatura. Milena deu um passo importante para realizar seu sonho e vai construindo um exemplo para todos os jovens que sofrem de Transtorno do Espectro Autista, na construção de um referencial de superação de barreiras”, frisou o presidente da Imprensa Oficial do Pará, Jorge Panzera.

Texto: Ailson Braga/IOPA

Fotos: Ascom/IOE

Você pode gostar...