Montagem do Hospital de Campanha em Breves chega à reta final

As obras de montagem do Hospital de Campanha do Marajó, no município de Breves, chegaram à reta final. A estrutura, montada no estádio municipal, será concluída neste sábado (11), com a finalização das peças de ferro, colocação das lonas de cobertura e distribuição dos 60 leitos, em uma área de 1,6 mil metros quadrados. A unidade é uma das quatro erguidas pelo Governo do Pará, como parte das estratégias de enfrentamento à Covid-19. As quatro vão dispor de 720 leitos, para casos leves e moderados da doença, nos municípios de Belém, Santarém, Breves e Marabá. Em Belém, o Hospital já está funcionando desde esta sexta-feira (10), no Hangar – Centro de Convenções.

Breves é o município-polo para atender pacientes de Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel, sendo referência regional para quase 318 mil habitantes do Marajó. A população dos demais municípios localizados na parte oriental do arquipélago será atendida pelo Hospital de Campanha montado em Belém.

“O Hospital atenderá o Marajó Ocidental, considerando a logística que a região requer. O governador está atento, sempre conversando com as empresas que estão envolvidas nessa montagem e, com certeza, até o final da semana que vem já estará pronto para entrega”, informou o secretário Regional de Governo no Marajó, Xarão Leão.

Os trabalhos de montagem do Hospital de Campanha em Breves iniciaram no último sábado (4). A chegada dos equipamentos clínicos, via balsa, está prevista para o início da próxima semana. Também neste período será encaminhado o processo de seleção dos profissionais que integrarão o corpo técnico da unidade.

“Esperamos em Deus que não seja preciso a população utilizar o Hospital. É importante também dizer que até agora não temos registro de nenhum caso positivo no Marajó”, afirmou o secretário.

A região ainda apresenta um déficit de serviços de média e alta complexidade, contando com apenas seis leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O aumento da oferta com mais 60 leitos do Hospital de Campanha faz parte da estratégia do governo do Estado de dispor de estrutura para atender, se necessário, pessoas infectadas pelo novo Coronavírus.

*Texto original de Dayane Bahia (Secom).

Você pode gostar...