Paciente recuperado da Covid-19 recebe alta no Hospital Regional do Marajó

Internado há 14 dias no Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, Francisco Ney Balieiro Nobre, 45 anos, teve alta hospitalar na tarde desta segunda-feira (18). O paciente deu entrada no hospital no último dia 5, com Covid-19, em estado grave, mas hoje voltou para casa ao lado de familiares, que foram buscá-lo, se despedindo da equipe do HRPM sob aplausos.

Francisco foi recebido pela irmã, Maria Nobre, que não escondia a emoção do momento. “Estou muito feliz por este milagre. Meu irmão entrou aqui muito mal. Foram 14 dias, e hoje tivemos essa grande vitória. Ele está saindo vivo e com saúde. Agradeço à equipe. Não tenho palavras para agradecer”.

Tomado pela emoção e ainda sob os efeitos dos 14 dias de luta contra a Covid-19, Francisco Ney foi sucinto ao agradecer pelo atendimento recebido. “Quero agradecer a Deus e à equipe do hospital, que me tratou muito bem. Fiquem em casa, porque passei muito mal, mesmo”.

Segundo as fisioterapeutas do HRPM, Monizze Carleto e Maitê Azevedo, o usuário permaneceu internado e recebeu os cuidados da equipe multiprofissional, que trabalhou incansavelmente durante toda a internação para que o paciente não fosse entubado, já que ele tinha fatores de risco. Francisco recebeu assistência em leito com cápsula de ventilação não invasiva.

“Agora ele vai começar a reabilitação fora do hospital. O paciente foi devidamente orientado sobre os cuidados em domicílio, e quando estiver apto, retornará para dar continuidade com a reabilitação cardiopulmonar com a equipe de Fisioterapia do Ambulatório”, explicou Monizze Carleto.

Rede – O Hospital Regional Público do Marajó é um dos hospitais estaduais de referência no combate do coronavirus/ Covid-19, para assistência aos casos graves ou críticos da região marajoara, composta pelos municípios de Breves, Anajás, Bagre, Curralinho, Gurupá, Melgaço e Portel, Soure, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, Muaná, Ponta de Pedra, Afuá, Chaves e São Sebastião da Boa Vista.

Para a diretora executiva do hospital, Rejane Gomes, a recuperação de pacientes após enfrentar o novo coronavirus é sempre motivo de celebração nos corredores de hospitais do mundo inteiro. “Em Breves, no Hospital Regional,  mesmo com a demanda de casos gravíssimos que temos recebido nos últimos dias, a alta médica desses pacientes graves e em estado crítico, cuja condição muda rapidamente, também já é uma realidade, graças ao trabalho incansável de toda equipe multidisciplinar e de apoio, que não mede esforços para oferecer todo suporte clínico e monitoramento necessários aos usuários”, destacou.

Estrutura – Atualmente, a gestão do HRPM dispõe de equipe exclusiva para assistência de pacientes com Covid-19 em estado grave, composta por 27 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, além de auxiliares de higiene e limpeza.

Para atendimento exclusivo de Covid-19, com as devidas adaptações necessárias (espaço físico e equipe), foram remanejados quatro leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e dois leitos clínicos essencialmente para retaguarda de alta dos leitos de UTI, totalizando seis leitos no isolamento.

O HRPM oferece assistência de média e alta complexidade e é referência em várias especialidades na assistência a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Dispõe de atendimento ambulatorial de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. O hospital está localizado na Avenida Rio Branco, 1.266, Centro. Mais informações: (91) 3783-2140/ 3783-2127.

Texto: Lucas Brilhante/Secom

Você pode gostar...