Pacientes celebram Dia dos Namorados com cartas no Hospital de Campanha do Hangar

Paciente adere ao projeto ‘Palavras de Afeto’ no Hospital de Campanha do Hangar, em Belém

Para celebrar o Dia dos Namorados e aproximar pacientes em tratamento contra a Covid-19 na enfermaria do Hospital de Campanha do Hangar, em Belém, um projeto especial foi desenvolvido na unidade hospitalar, criada pelo Governo do Estado e gerenciada pela Pró-Saúde.

A ação do projeto ‘Palavras de Afeto’ possibilitou o envio de cartas aos esposos e esposas de vários pacientes internados na enfermaria do hospital. A ideia foi levar conforto e amenizar a saudade vinda em decorrência do distanciamento provocado pela doença. “Com a ação, o nosso objetivo foi, além de amenizar a saudade, fortalecer os laços entre as pessoas que estão aqui e lá fora”, diz Vinicius Caldas, responsável pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) do Hospital de Campanha.

“No altar, fizemos um juramento de amor. Juntos na saúde, na doença, na alegria e na tristeza. Agora sabemos que o nosso amor tem se tornado mais forte”. É assim que Alan Rodrigo Brito, 38 anos, casado há seis anos com Amanda Farias, inicia a carta enviada para a amada.

“Enviar uma mensagem para minha esposa é muito importante. O homem também é sentimental. Estamos aqui sozinhos, então isso conforta muito, porque a gente lembra que tem alguém lá fora que nos ama e isso é fundamental para a melhora no tratamento”, conta.

Outro paciente que, por meio do bilhete, se declarou foi Lourival Wolfgrann, 79, casado há 45 anos com Santa Wolfgrann. As lágrimas nos olhos confirmam o que ele sentia e queria expressar à esposa: amor. “Escrever essa mensagem é emocionante para mim. Eu amo a minha esposa e essa data significa muito. É a primeira vez que passaremos o dia dos namorados longe um do outro, mas eu tenho certeza de que logo estarei em casa”, diz.

A solicitação para que os pacientes escrevessem foi feita após uma análise multiprofissional, que envolveu médico, psicólogo e assistente social, a fim de entender quais deles poderiam participar do projeto.

“Algumas pessoas ficam internadas por semanas, por isso todas as ações que venham trazer conforto e aproximar as famílias e os cônjuges são fundamentais para a boa recuperação dos nossos pacientes”, comenta Rômulo Rodovalho, Secretário de Saúde do Estado.”

O Hospital de Campanha do Hangar, implantado pelo Governo do Pará e gerenciado pela Pró-Saúde, é o maior centro hospitalar do Estado dedicado ao tratamento à Covid-19. Já atendeu mais de seis mil pacientes e opera, atualmente, com 110 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 110 leitos de enfermaria.

Texto de Alberto Dergan/HCH

Você pode gostar...