Pará recebe a 30ª remessa de vacinas contra a Covid-19, nesta quarta-feira (9)

Técnico confere a chegada das 207.500 doses da vacina Astrazeneca na tarde desta quarta-feira (9), em Belém

Chegou ao Pará no início da tarde desta quarta-feira (09) a trigésima remessa de vacinas contra a Covid-19, com 207.500 doses da Astrazeneca. Até o momento, o Pará contabiliza o recebimento total de 3.636.680 doses, sendo 1.239.440 da CoronaVac, 2.201.850 da Oxford/AstraZeneca e 195.390 da Pfizer.

A equipe de logística da Sespa deve se reunir, ainda, na tarde desta quarta-feira para organizar a distribuição das doses para o interior e à Região Metropolitana de Belém. A distribuição já deve começar na sexta-feira (11). O envio será feito por vias terrestre, aérea e fluvial, com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

“A cada remessa que chega ao Estado nós avançamos mais um pouco na campanha de vacinação contra a Covid19. Por isso, é importante que a população também faça a sua parte acompanhando o calendário do seu município e procurando a vacina quando chegar a sua vez”, afirma o Secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

Vacinação – Nessa terça-feira (08) o governador do Estado, Helder Barbalho, anunciou em suas redes sociais que até o final do próximo mês de setembro toda população adulta paraense, a partir dos 18 anos de idade, deverá ser vacinada com a primeira dose contra a Covid-19.

O calendário de vacinação será organizado da seguinte forma:
Junho – Pessoas com idade entre 50 e 59 anos.
Julho – Pessoas entre 40 e 49 anos.
Agosto – Pessoas entre 30 e 39 anos.
Setembro – Pessoas entre 18 e 29 anos.

VACINÔMETRO

O Pará está na terceira etapa do Plano de Vacinação do Pará. Até a manhã desta quarta-feira (09), segundo a página do Vacinômetro, o Estado vacinou 1.577.738 pessoas com a primeira dose e 774.639 com a segunda dose.

As informações sobre a vacina são fornecidas pelas secretarias municipais de Saúde e a população pode acompanhar o andamento da campanha em todo o estado através da página do vacinômetro (www.saude.pa.gov.br/vacinometro).

Texto: Secom

Você pode gostar...