Policlínica Metropolitana ultrapassa os 9 mil atendimentos de casos de covid-19 em Belém

A Policlínica Metropolitana atendeu 9.293 pessoas até a tarde desta terça-feira, 23. A unidade retomou os atendimentos exclusivos para casos leves e moderados de ´covid-19, desde o dia 6 de março. Essa é mais uma estratégia do governo estadual para conter o avanço do coronavírus no Pará. A unidade tem capacidade para realizar, de domingo a domingo, até 600 atendimentos diários de portas abertas, situação na qual o paciente pode procurar o local sem ter encaminhamento médico prévio.

Estão sendo disponibilizados os serviços de consultas, exames (sangue, raio-X e tomografia) e entrega de medicamentos. Nesta terça, 23, foram realizados 552 atendimentos. Na segunda (22), 625. O atendimento funciona sempre das 8h às 17h.

A diretora-executiva da Poli Metropolitana, Lilian Gomes, explica que a procura pelo atendimento tem sido intensa, e que a intervenção na fase inicial da doença é importante para evitar o agravamento dos casos.

“Portanto, o atendimento precoce é necessário para evitar o agravamento dos casos e, consequentemente, a ocupação de leitos hospitalares. Para isso, o governo estadual oferece todo o suporte no primeiro atendimento, com ampla estrutura, para melhor atender os pacientes que procurarem atendimento médico na Policlínica Metropolitana de Belém”, explicou.

PRIMEIRA FASE

Em 2020, a Policlínica Metropolitana de Belém já havia realizado atendimentos exclusivos para casos leves e moderados de Covid-19. O atendimento se iniciou em 21 de abril e a unidade retomou seu perfil de atendimentos em 30 de junho de 2020. Durante este período, a Policlínica fez mais de 44 mil atendimentos.

MUDANÇA

O perfil dos pacientes acometidos pela doença mudou. No ano passado, pessoas acima de 60 anos eram os principais infectados; atualmente, jovens com 30 anos estão adoecendo com o novo coronavírus.

SERVIÇO:

Policlínica Metropolitana de Belém – Av. Doutor Freitas, s/n.
Horário: das 8h às 17h de segunda-feira a domingo.
Capacidade: 600 atendimentos diários.

Texto: Rodrigo Reis/Emater

Você pode gostar...