Primeiros cilindros de oxigênio enviados pelo governo do Pará abastecem a rede municipal na região Oeste

Os 200 cilindros de oxigênio adquiridos e enviados pelo governo do Estado para os municípios da região oeste paraense já foram recebidos pelas equipes das secretarias municipais de saúde. Hoje (27), o equipamento utilizado no tratamento de pacientes vítimas do novo Coronavírus já está dentro das unidades de saúde, pronto para ser utilizado quando for necessário.

Em Monte Alegre, o carregamento foi recebido pela equipe técnica do hospital municipal da cidade.  “O oxigênio que chegou é muito importante para todos nós. A nossa cidade agradece ao governo do Estado. A carga que recebemos vai se juntar com o nosso estoque e vai garantir que os pacientes, vítimas do novo coronavírus, não fiquem sem esse suporte vital”, afirmou a Secretária de Saúde do município, Saryna de Souza Abud.

Secretário adjunto da Sespa, Ariel Sampaio

Para o Secretário Adjunto de Gestão Administrativa da Sespa, Ariel Barros, a entrega dos cilindros demonstra o apoio do  governo do Estado aos gestores municipais da região, no enfrentamento do covid-19. “Nós fizemos a distribuição dos cilindros  para os municípios da calha norte para minimizar a possibilidade de falta de oxigênio que possa ocorrer nos municípios que não tem tanque nem rede de gases nos hospitais, lembrando que todos os nossos hospitais regionais são dotados de oxigênio e rede de gases. A ação facilita a logística para o reabastecimento dessas unidades de saúde”.

Os cilindros entregues foram catalogados e periciados. Ao todo, dez cidades receberam os equipamentos: Alenquer, Curuá, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Terra Santa e Belterra. Ariel Barros, destacou ainda que novas remessas de oxigênio estão sendo programadas para ocorrer ainda nesta semana. “Nossa intenção é garantir a entrega de 500 cilindros que foram adquiridos pelo governo do Estado. A chegada dos equipamentos restantes e o repasse, logo em seguida, aos municípios, deve ocorrer até esta sexta-feira, dia 29 de janeiro”.

A logística de entrega dos cilindros foi desenvolvida pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). De acordo com a Diretora do 9º Centro Regional de Saúde (CRS), responsável pelo gerenciamento dos municípios da região, Aline Cunha, o planejamento levou em consideração as principais rotas de acesso às cidades, entre elas, as hidroviárias.

“Nós recebemos ontem, todos os cilindros e os equipamentos foram entregues com o auxílio de lanchas e por via terrestre, com escolta da Polícia Militar. O governo do Estado vem dando atenção especial para auxiliar os municípios a terem apoio no enfrentamento da Covid-19. Estamos orientando os gestores municipais para que eles consigam agir também de forma preventiva para evitar novos casos”, explica Aline Cunha.

Para garantir melhor deslocamento aquaviário, meio mais comum utilizado pela população local, o governo do Pará, por meio da Companhia de Portos e Hidrovias (CPH), trabalha em ritmo acelerado para dotar o imenso território paraense de infraestrutura hidroviária. Na região do Baixo Amazonas, na região oeste, a Companhia entregou em 2019 o terminal hidroviário de Terra Santa e em 2020 foram entregues os terminais das cidades de Faro, Curuá e Prainha.

O Secretário municipal de Saúde de Prainha, Abraão Nascimento, explicou que os cilindros foram recebidos no terminal hidroviário da cidade e levados para a unidade de saúde. “A nossa cidade recebeu os cilindros e graças a Deus já estão em utilização. A chegada nos ajudou muito no atendimento. Nós estamos nos sentido agraciados com esse envio”.

Texto: Ronan Frias/Cohab

Você pode gostar...