Profissionais que atuam em abrigos estaduais recebem vacina contra Covid-19

Aproximadamente 150 profissionais que atuam em abrigos estaduais de idosos, mulheres e população de rua, receberam a vacina contra a Covid-19, neste sábado, 08. Os espaços são gerenciados pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster).

Nos abrigos de idosos, um equipe multidisciplinar de enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem e cuidadores atuam diariamente no cuidado e acolhimento de públicos vulneráveis. O público atendido, em sua maioria, não possui mais vínculos familiares, e por isso, reconhece as equipes como uma grande família. Os profissionais, por sua vez, realizam atendimentos com contato direto, dia-a-dia, de uma forma muito próxima, e por isso a necessidade e a importância da imunização no atendimento seguro àqueles que encontram nos abrigos o verdadeiro sentido de um lar.

Daniel Juca é cuidador de idoso e atua no Nosso Lar Socorro Gabriel, ele diz que a vacina é mais que uma vitória, é uma conquista. “Há uma equipe multidisciplinar dentro dos abrigos, que atua diretamente junto aos idosos, essas pessoas precisam voltar para suas casas todos os dias, e por isso ficam a mercê de contaminação. Garantir a vacina é uma vitória e uma conquista para nós que não deixamos de reinvindicar e acreditar que seria possível. Seguimos o plano de vacinação, aguardamos e hoje estamos vacinados”, destacou.

“A gente tá fechando o ciclo de proteção ao usuário dessas unidades, que são os idosos. A maioria têm diferentes graus de dependência, e acaba que na prática os trabalhadores são os braços e as pernas deles. A gente dá apoio para várias atividades, então não vacinar os trabalhadores comprometeria a saúde dos idosos. Pautar isso também significa assegurar o direito à saúde desses acolhidos”, reforçou João Lopes, Diretor de Comunicação do sindicado dos servidores públicos das fundações e entidades assistenciais e culturais do estado do Pará.

O Governo do Pará, através da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) mantém na Região Metropolitana dois abrigos voltados para pessoas idosas. Atualmente 81 idosos encontram-se acolhidos nas unidades Nosso Lar Socorro Gabriel e Lar da Providência. Essas unidades são preparadas para acolher casos de alta complexidade, em que os vínculos familiares dos abrigados estão totalmente comprometidos. A Seaster ainda gerencia quatro abrigos de mulheres vítimas de violência e dois abrigos emergenciais para população de rua.

O titular da Seaster, Inocencio Gasparim, reafirma que a efetividade da vacinação é fruto da parceria entre Estado e Município. “Há uma rede e um governo empenhado em garantir segurança à população, em garantir que a imunização alcance todas as faixas etárias. Neste primeiro momento a prioridade são aqueles que estão em uma situação mais vulnerável ou na linha de frente da pandemia, mas nós também temos dialogado com a Prefeitura de Belém sobre a inclusão dos profissionais da assistência no plano de vacinação. Garantir vacina a esses profissionais é também assegurar um serviço eficaz e de qualidade ao nosso público”.

Texto: Camila Santos/Seaster
Fotos: Ascom/Seaster

Você pode gostar...