Programa estadual agiliza os exames pré-operatórios e ajuda a salvar vidas

O governo estadual segue trabalhando para zerar as filas de espera para procedimentos cirúrgicos em todo o território paraense. A Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) lançou o programa “Pré-operatório rápido”, em outubro de 2020, garantindo à população exames pré-operatórios em um tempo bem mais curto, pois o paciente consegue realizá-los em um único dia.

“Antes quem precisava realizar uma cirurgia aguardava meses pela realização dos exames e isso atrasava o procedimento. Por isso, a importância de facilitar essa etapa e dessa forma dar mais fluidez a todo o processo”, afirma o secretário adjunto da Sespa, Sipriano Ferraz.

Até esta última quara-feira (6) de 2021, o Programa havia atendido 2.030 pacientes, e ele tem capacidade para realizar até dois mil atendimentos por mês, sendo 100 consultas diariamente. O “Pré-operatório rápido” realiza exames para qualquer modalidade cirúrgica e o paciente é atendido por um cardiologista e um anestesista.

Os médicos encaminham o paciente para exames mais específicos como os de sangue e de raio-x de tórax, exames laboratoriais e eletrocardiograma. Caso seja necessário o paciente é encaminhado para exames complementares, também realizados no local.

“Queremos que o paciente que procura a rede pública estadual de saúde tenha um atendimento humanizado e que ele já saia da Policlínica com todos os seus exames resolvidos. Isso traz mais praticidade para o processo e tem ajudado a salvar vidas”, comenta Ariel Barros, secretário em exercício da Sespa.

Há dois anos, Jerônimo Rodrigues, de 59 anos, tentava realizar os exames para uma cirurgia de hérnia umbilical. No final de 2020, após uma crise de saúde, el procurou atendimento na URE Doca e lá foi informado sobre o programa.

“Eu não conhecia o programa nessa época. Marquei minha consulta e na semana seguinte fiz os exames. Só de não ter nenhuma burocracia e fazer todos os meus exames no mesmo dia já me ajudou bastante”, reconheceu o paciente Jerônimo Rodrigues.

Atendimento – O atendimento é feito por demanda espontânea e as consultas acontecem na Policlínica Metropolitana, na avenida Doutor Freitas, no bairro do Marco, em Belém. Para marcar, não é preciso ir até o local. Toda a marcação é feita atravé da Central de Atendimento, via WhatsApp, pelo telefone (91) 98521 – 5110, sendo que o agendamento é feito de segunda a sexta-feira, de 7h às 21h.

Para ser atendido pelo Programa é preciso apresentar a solicitação médica para o risco cirúrgico e o formulário de AIH, além do RG, CPF, Cartão SUS e Comprovante atualizado de residência.

SERVIÇO:

Programa “Pré-operatório rápido”

Local: Policlínica Metropolitana – na avenida Doutor Freitas, no bairro do Marco, em Belém.

Horário de atendimento: 6h30 às 19h.

Telefone: 98521 – 5110 (atendimento via WhatsApp).

Texto: Caroliny Pinho/Sespa

Foto: Ricardo Amanajás/Ag. Pará

Você pode gostar...