Santa Casa está pronta para receber mais 10 pacientes graves de covid-19

Depois do governador do Pará informar, no último sábado (25), a abertura de 31 novos novos leitos de UTI, a Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará já está pronta para receber os pacientes da covid-19 que necessitarem dos leitos.

A criação dos novos leitos se deu devido a grande demanda que o sistema de saúde vem recebendo, especialmente na capital paraense, por conta da pandemia causada pela covid-19. A Santa Casa, como hospital de retaguarda no Estado, já estava se organizando para o enfrentamento da doença desde o início de fevereiro, com capacitações, estruturação física e aquisição de equipamentos.

Todos os 10 novos leitos de UTI, disponibilizados ao Sistema Único de Saúde, estão rigorosamente equipados e com profissionais qualificados para atender aos pacientes.

“Para a abertura desses leitos foi fundamental todo o apoio que o Governo do Estado vem dando diretamente e por intermédio da Sespa, ae com a participação dos nossos servidores, que compreenderam que o momento, apesar das apreensões que são naturais de nós seres humanos, estão dispostos a trabalhar na linha de frente com completa disponibilidade, sem medir esforços nessa luta, com a vontade de oferecer o melhor serviço a população”, declarou Bruno Carmona, presidente da instituição.

O gestor informou também que a Santa Casa vem garantindo todos os equipamentos de proteção individual às equipes, fazendo as atualizações necessárias de acordo com a evolução da pandemia e determinações de órgãos competentes.

“Mesmo diante da escassez de equipamentos de proteção individual que há no mercado, nós temos oferecido tudo, adequadamente, aos nossos servidores para que eles possam atuar atendendo a população sem adoecer”, ressaltou o gestor.

Fato, que em meio a gravidade da pandemia, traz um pouco de tranquilidade aos profissionais que atuam dentro das UTIs, como a anestesiologista Lena Alencar. “Graças a Deus que nós temos os EPIs necessários nesse momento para evitar a contaminação das nossas equipes e consequentemente o adoecimento. Então, posso dizer que nós estamos preparados para esse momento. Nós temos equipes, nós temos EPIS e quem sabe mais leitos possam surgir para ajudar”, falou esperançosa a médica.

Com a abertura desses novos 10 leitos de UTI, a instituição amplia para 20 o número de leitos de UTI específicos para a covid-19 na Santa Casa.

Além de dobrar os esforços para o atendimento voltado a pandemia, a Santa Casa mantém o atendimento para o qual já é referência para o Estado, como a urgência e emergência obstétrica, para a qual é porta aberta e, via regulação, para a área de neonatologia.

Texto: Etiene Andrade/Santa Casa

Você pode gostar...