Sespa edita cartilha para reduzir contágio de Covid-19 no ambiente de trabalho

Cartilha está disponível no site da Sespa

Uso obrigatório de máscaras que devem cobrir nariz, boca e queixo é a primeira orientação geral contida na Cartilha “Orientações Sanitárias para o Enfrentamento da Covid-19 no Ambiente de Trabalho”, que a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) apresenta, neste sábado (1º) em que se comemora o Dia do Trabalhador.

A cartilha foi idealizada pelo Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Estadual), por meio da Divisão de Vigilância de Serviços e da Divisão de Vigilância de Produtos. O objetivo é orientar os trabalhadores sobre as medidas preventivas e protetivas para reduzir os riscos de transmissão da Covid-19, no locais de trabalho porque a pandemia ainda não acabou.

Até o momento, o Pará tem confirmados 472.986 casos de Covid-19 e 13.083 óbitos pela doença e a maioria dos municípios ainda se encontra na primeira fase do Plano de Vacinação. “Portanto, é fundamental que todos os trabalhadores mantenham as medidas de prevenção da doença em todos os locais por onde passam e permanecem parte do dia, até mesmo quem já tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19”, afirmou a diretora da Visa Estadual, Milvea Carneiro.

Segundo a enfermeira e técnica da Divisão de Vigilância de Serviços, Ivone Ramos, a cartilha pode ser utilizada por instituições e empresas públicas e privadas e ajudar a reduzir os riscos de contágio pelo novo coronavírus nesses espaços.

A Vigilância Sanitária Estadual vem realizando ações preventivas desde o início da pandemia

Orientações gerais – Além de indicar o uso obrigatório de máscara, a cartilha destaca todos os cuidados que os trabalhadores devem ter com o seu manuseio e destinação após o uso: higienizar as mãos ao colocar e retirar a máscara sempre pegando pelos elásticos, descartar máscaras em sacos plásticos, preferencialmente, em lixeiras com tampa de acionamento por pedal, não retirar a máscara para tossir e espirrar, providenciar a troca sempre que as máscaras estiverem úmidas ou com presença de sujidades. Outras orientações são higienizar as mãos com álcool 70% e manter o distanciamento social; não compartilhar objetos e materiais de uso individual e não encostar garrafas ou copos na torneira do bebedouro.

A cartilha também traz medidas preventivas para cada tipo de ambiente tais como recepção, elevador, estações de trabalho, refeitório, copa e também atitudes que devem ser tomadas no ambiente de trabalho, em veículos e ao receber produtos por delivery (entrega a domicílio).

Visa Estadual tem trabalhado também em conjunto com outros órgaos estaduais

Na recepção – É importante disponibilizar máscaras às pessoas que estiverem sem o item de proteção, demarcar o distanciamento social no piso e nos assentos, estabelecer controle de acesso de usuários aos departamentos, proibir o consumo de alimentos na sala de espera e retirar itens que possam ser manuseados pelos visitantes como revistas, jornais entre outros.

No elevador – A instituição deve reforçar os procedimentos de limpeza com produtos recomendados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), principalmente das portas, barras e botões. Já os usuários precisam higienizar as mãos com álcool em gel 70% ao entrar e sair do elevador.

Nas estações de trabalho – A cartilha alerta que a limpeza diária da estação de trabalho é responsabilidade de cada funcionário que a utiliza. É importante manter um frasco de álcool 70% e papel de uso único em cada mesa ou cada setor.

A máscara só pode ser retirada nos momentos de ingestão de alimentos e deve ser colocada imediatamente após o consumo e é recomendado também que apenas um servidor se alimente por vez em locais como copas ou outros, a depender do tamanho do espaço. Canetas, copos, xícaras e demais objetos devem ser de uso individual. “Também é importante evitar anotações manuais em papéis para que ele não fique circulando entre os funcionários”, lembrou a técnica da Divisão de Vigilância de Serviços, Ivone Ramos.

No refeitório – é muito importante respeitar a demarcação de distanciamento no piso e nas mesas. Conforme Ivone Ramos, o trabalhador também deve evitar compartilhar refeições e falar enquanto se alimenta, deve permanecer no máximo até 30 minutos no refeitório e deixar o lugar limpo ao sair.

Equipe que elaborou a cartilha para o enfrentamento da Covid-19 no ambiente de trabalho

Outras importantes atitudes no ambiente de trabalho são: higienizar antes e depois do uso os equipamentos que são compartilhados como computador e telefone, evitar o trânsito entre departamentos, higienizar as mãos antes e após bater o ponto e usar caneta própria; ao utilizar serviço de delivery, o ideal é optar por pagamento por aplicativo e higienizar as embalagens dos produtos com água e sabão ou álcool 70%.

 

SERVIÇO: A Cartilha está disponível no link a seguir:

Cartilha Orientações Sanitárias para o Enfrentamento da Covid-19.

Texto: Roberta Vilanova/Sespa

Fotos: José Pantoja/Sespa

Você pode gostar...