Sespa fiscaliza cumprimento das normas de combate à Covid-19 na Grande Belém

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio do Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Estadual), está atuando em conjunto com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e demais órgãos de segurança, estaduais e municipais, em ações de orientação, fiscalização e educação na Região Metropolitana de Belém, para o cumprimento das normas estabelecidas pelo Decreto nº 800, de 31 de maio de 2020, que foi reeditado com alterações no dia 28 de janeiro, e entrou em vigência nesta sexta-feira (29).

O Decreto 800/2020 instituiu o Projeto Retoma Pará e dispõe sobre a volta das atividades econômica e social segura em todo o Estado, por meio da aplicação de medidas de distanciamento controlado e protocolos específicos para reabertura gradual e funcionamento dessas atividades.

Segundo a diretora da Visa Estadual, Milvea Carneiro, são quatro equipes de fiscais que participam de ações conjuntas, coordenadas pelo Comando da Segup. “Esse trabalho também tem proporcionado a aproximação da Sespa com os órgãos de Segurança Pública, garantindo maior autoridade e segurança durante as abordagens de consumidores e donos de estabelecimentos comerciais visitados”, ressaltou.

Trabalho simultâneo – Nesta sexta-feira (29), a partir das 7h30, as fiscalizações foram realizadas simultaneamente nos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba, e envolveram equipes composta por médicos veterinários, engenheiros, farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros e fiscais sanitários.

Milvea Carneiro informou ainda que as operações enfatizaram o cumprimento das orientações sanitárias quanto ao uso adequado de máscara, higienização das mãos com álcool 70%, distanciamento social, e horário de funcionamento dos principais segmentos econômicos. “Após serem abordados pelos fiscais sanitários, os proprietários dos estabelecimentos foram devidamente orientados a cumprir rigorosamente o Decreto Estadual 800”, acrescentou.

No primeiro dia de vigência das normas do Decreto estadual, as equipes fiscalizam cerca de 100 estabelecimentos comerciais. “O trabalho conjunto entre as Secretarias é fundamental para diminuir os riscos sanitários e, dessa forma, impedir novos casos de Covid-19”, concluiu a diretora da Visa Estadual. (Texto: Roberta Vilanova – Ascom Sespa).

Você pode gostar...