Sespa garante cuidados na chegada de navio de turistas a Belém

O Navio Amera atracou, neste sábado (14), no trapiche de Icoaraci, com mil turistas de diversas nacionalidades, principalmente alemã. O secretário de Estado de Saúde Pública, Alberto Beltrame, acompanhou o receptivo dos visitantes e garantiu que todas as orientações de proteção ao coronavírus, repassadas pelo Ministério da Saúde, estão sendo seguidas.

De acordo com o secretário, os protocolos de inspeção e acompanhamento dos relatórios de bordo e médico estão sendo realizados conforme o Comitê Técnico formado desde janeiro no Pará.

“O governo do Estado está dando as boas vindas aos turistas, mas, sobretudo, tomando as providências com a Anvisa para garantir a tranquilidade e a segurança das pessoas que estão a bordo do navio, assim como as que estão em terra. Essa é uma tarefa de vigilância em saúde e nós já temos relatos de que está tudo sobre controle” – Alberto Beltrame, titular da Sespa.

Segundo ele, a secretaria recebeu o diário de bordo do navio Amera e não há ninguém suspeito ou doente, mas, de qualquer forma, “é importante a ação coordenada das autoridades sanitárias sejam do Estado ou federais, uma vez que esse é um problema mundial e cada nação precisa cumprir o seu papel”. De acordo com Beltrame, essa é a primeira situação após a divulgação da Carta de Belém feitas pelos governadores da Amazônia Legal, que definiu medidas prioritárias de proteção à pandemia do coronavírus.

A bordo do navio, o turista alemão Oliver Coppeneur está pela primeira vez no Brasil e, mesmo com o cenário de saúde mundial, não adiou o desejo de conhecer o país. “É uma pandemia e o mundo está mobilizado. Dentro e fora do navio todos estão empenhados em tomar os cuidados de saúde”, afirmou Oliver.

A Secretária de Estado de Turismo (Setur) informou que o navio partiu de Montevidéu, capital do Uruguai, percorreu a costa brasileira, passando por cidades como Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Ilhéus (BA) e Natal (RN), e seguirá com destino ao Caribe. Integrantes do Arraial do Pavulagem deram as boas-vindas aos visitantes.

A programação em terra inclui visitações e pontos turísticos da capital e a Companhia Independente de Polícia Turística preparou uma operação com 14 viaturas e 10 motocicletas. “Hoje, temos 90 policiais empregados em toda a operação divididos em Icoaraci e a maior parte no centro de Belém, onde tem uma circulação maior de pessoas. Procuramos estar policiando os espaços de maior procura, como o Ver-o-Peso e o Forte do Castelo por exemplo”, informou o major Castro Alves.

 

Por Dayane Baía (SECOM)

Tomaz Brito

Tomaz Brito - Funcionário do GT Contratos e Convênios SESPA

Você pode gostar...