Vacinação contra a Covid-19 traz esperança e emoção para idosos paraenses

“Hoje o meu coração é só esperança por dias melhores e pelo fim dessa pandemia. O meu maior desejo pra quando estiver totalmente imunizada é encontrar a minha filha, que mora em Santarém. Não a vejo desde 2019 e sinto muito a falta dela, estou sonhando com o nosso próximo abraço”, conta, emocionada, Maria da Glória Aguiar, 85 anos, enquanto aguardava para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19, na manhã desta sexta-feira (5), na Escola de Enfermagem da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

Desde a última quarta-feira (3), idosos acima de 85 anos começaram a ser vacinados em Belém. Entre os 13 pontos de vacinação da capital, estão o Mangueirinho e a unidade de enfermagem da Uepa, que contam com o apoio do governo do Estado. Até o próximo domingo (7), último dia de imunização para este grupo, a meta é vacinar 12 mil pessoas.

A coordenadora do curso de Enfermagem da Uepa, Margarete Bittencourt, informou que a unidade recebe 400 doses da Coronavac, do Instituto Butantã, por turno, da Secretaria de Saúde Municipal (Sesma). A equipe é composta por 15 profissionais, entre docentes e alunos da Universidade, que se dividem entre o serviço drive thru e o posto de atendimento para os idosos que estão a pé.

“Fazer parte deste momento é uma grande emoção pra mim. Na hora que estamos aplicando o imunizante, percebemos o brilho no olhar dos idosos e isso não tem preço, eu já chorei várias vezes de tanta felicidade. Não tenho palavras, só sinto gratidão a Deus, ao Governo, ao SUS e à ciência”, afirma a coordenadora.

O filho da idosa Raimunda Siqueira, 85 anos, José Nazareno, levou a mãe para tomar a primeira dose da vacina e desabafou sobre o quanto é difícil manter os mais velhos por tanto tempo em casa. “A mamãe sente muita falta das nossas reuniões familiares, em que vários amigos também iam. Essa pandemia afetou o psicológico de todos nós, que perdemos amigos para essa doença, e estar mais perto do fim é muito importante”, afirma Nazareno.

O Pará recebeu até agora 251.240 doses de vacinas contra a Covid-19. As primeiras vacinas foram destinadas aos profissionais da área da saúde que estão na linha de frente de atendimento à doença, idosos em instituições de cuidado e indígenas. Uma força-tarefa dos órgãos de Segurança Pública garantiu que a distribuição das doses, aos 144 municípios, ocorresse em até 24 horas após a chegada a Belém.

“O Governo foi atrás das doses pra que a gente pudesse ser vacinado e todo mundo tem que tomar pra ficar protegido. As minhas duas filhas trabalham na área de saúde e, muitas vezes, só podíamos nos falar por telefone, mas elas tinham todos os cuidados comigo. Só quero ter meus familiares mais perto”, afirma Abissaias dos Reis, 85 anos, que também recebeu a primeira dose da imunização nesta sexta (5), na unidade da Uepa, que segue todos os protocolos de segurança.

Para serem vacinados, os idosos precisam levar RG, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência.

Fotos: Alex Ribeiro (Ag. Pará)

Na quinta-feira (4), a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Ananindeua iniciou a imunização dos idosos acamados com idade acima de 69 anos. Os familiares devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de 8h às 12h, munidos do RG, CPF, Cartão SUS e comprovante de residência do idoso, para agendar atendimento em domicílio.

Os idosos (não acamados) com 90 anos ou mais podem receber a vacina das 8h às 17h em uma das 10 Unidades Básicas de Saúde (UBS) escolhidas pela prefeitura, são elas: UBS Júlia Seffer, UBS da Guanabara, UBS Águas Brancas, UBS do Aurá, UBS do Distrito Industrial, UBS do PAAR, UBS Paulo Frota, UBS do Uirapuru, UBS do Coqueiro e a UBS do Jaderlândia.

OESTE DO PARÁ

Na última terça-feira (2), o governo do Estado enviou à região Oeste 11.503 doses de vacinas, destinadas exclusivamente para imunizar idosos acima de 80 anos, moradores de municípios das regiões Baixo Amazonas, Tapajós e Calha Norte. O Campus XII da Uepa, no município de Santarém, também funciona como polo. A prefeitura do município pretende vacinar todos os idosos a partir de 80 anos entre os dias 5 e 6 de fevereiro, no horário das 8h às 17h.

ITAITUBA

Desde quinta-feira (4), a Secretaria Municipal de Saúde de Itaituba iniciou a vacinação para idosos a partir de 80 anos, que estão sendo imunizados pelo sistema drive thru, no quartel do 15º BPM do município. A organização do local, assim como a distribuição das vacinas entre os municípios de Itaituba, Rurópolis, Placas, Trairão, Aveiro, Jacareacanga e Novo Progresso foi coordenada pelo Batalhão da Polícia Militar do Pará.

Texto: Giovanna Abreu (SECOM)

Você pode gostar...