Virgem de Nazaré é homenageada por servidores da Sespa

Na manhã desta quinta-feira, 17, os servidores do gabinete da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) receberam a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, a mesma que é utilizada pelas procissões da programação do Círio de Nazaré. A celebração esteve sob os cuidados do diácono Marcelo Lopes, que também é servidor da Sespa, e dos representantes da diretoria da festividade.

Durante o discurso e em nome de todos os servidores da Sespa, secretário adjunto de Gestão de Políticas de Saúde, Sipriano Ferraz Júnior, falou da honra de recepcionar pela primeira vez a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré.  “Na Sespa, nosso trabalho é pontuado por ações em que o acolhimento das pessoas é fator essencial. Logo, essa conduta espiritual se torna importante porque renova nossa fé nesse momento”, disse.

Após a recepção inicial, a imagem percorreu por cerca de meia hora os quatro pavimentos do prédio, sendo homenageada pelos servidores, como Francisco Barbosa, que há 28 anos atua como agente de portaria da Sespa. “O sentimento é de muito amor e muita renovação. Costumo dizer que minha mãe veio me visitar no trabalho. É uma celebração que serve para iluminar, encher de amor e de renovação do espírito de Deus e do sentimento de querer ajudar o outro, de amor ao próximo que está no servidor público”, disse.

O assessor de gabinete Maurício Rocha, que decora a berlinda cativa da Sespa há mais de 15 anos com o auxílio de outros servidores, disse que sentia gratidão pelo momento de celebração. “Trabalhamos atendendo pessoas e sempre pedimos a proteção de nossa Senhora no trato com todas elas, para que nos possa nos orientar a ter sempre uma conduta de acolhimento e serenidade”, explicou.

Durante o percurso da imagem, várias homenagens foram produzidas pelos servidores pelos corredores do prédio. O diácono Marcelo Lopes ressalta que é sempre perceptível a união de todos os funcionários, a quem parabenizou pela iniciativa de conduzirem a homenagem, respeitando as atuais normas de distanciamento social em função da pandemia. “É a chance que temos de renovar a nossa fé em unidade com os colegas de trabalho, com a família e com nossos amigos”, disse.

*Fotos de José Pantoja (Ascom/Sespa).

Você pode gostar...