Barco Hospital Papa Francisco inicia atendimentos no município de Curuá

Cerca de 50 pessoas já passaram pelos atendimentos nesta quinta-feira (11)

O Barco Hospital Papa Francisco inicia, nesta quinta-feira (11), os atendimentos de saúde no município de Curuá, no oeste do Estado. A embarcação, que leva serviços médicos para pacientes com sintomas leves e moderados da Covid-19, está atracada na comunidade Rio da Ilha. Nesta sexta (12), os atendimentos serão no polo ribeirinho de Santana, também no município.

Segundo frei Joel Souza, coordenador do Barco Hospital, desde o início dos atendimentos, nesta manhã, na comunidade de Curuá, cerca de 50 pessoas já passaram pelos serviços de triagem de enfermagem, que oferece verificação de sinais vitais, pressão arterial, oximetria de pulso, temperatura, frequência cardíaca e verificação de glicemia.

Na embarcação, também são oferecidas consultas de enfermagem e médicas, exames de laboratório, raio-x, eletrocardiograma. Há quatro leitos clínicos para estabilizar pacientes, além da dispensação dos medicamentos, caso haja recomendação médica.

Embarcação está atracada na comunidade Rio da Ilha

Os atendimentos na cidade de Curuá encerram a primeira etapa de atividades da embarcação no mês de fevereiro, que passou por Óbidos, Oriximiná, Terra Santa e Juruti. Na segunda etapa de atendimentos, que inicia no próximo dia 17 e vai até 25 de fevereiro, será a vez dos municípios de Almerim, Prainha, Monte Alegre e Alenquer.

A embarcação, que é financiada pelo Governo do Pará, chegou à região da Calha Norte como estratégia de combate à pandemia no dia 20 de janeiro. O objetivo é levar atendimentos de saúde, especialmente, para os municípios que fazem divisa com o Amazonas e sentem o impacto do colapso na saúde do estado vizinho.

JURUTI – Na quarta-feira (10), foram encerrados os atendimentos de saúde na comunidade de Juruti Velho, em Juruti, no oeste do Pará. Ao todo, 128 pessoas foram atendidas e 932 procedimentos realizados, como aferimento de pressão (128), consultas de enfermagem (128), consultas clínicas (128), orientação farmacêutica (128), internações/dia (2), exames laboratoriais (272), eletrocardiograma (31), raio-x (21) e medicações entregues (94).

Texto: Giovanna Abreu/Secom

Você pode gostar...