Criança tratada no Centro de Queimados ganha farda da Polícia Militar

O coronel Dilson Júnior com Pedro Lucas no colo, e a equipe que cuidou da criança no Hospital Metropolitano

A Polícia Militar do Pará proporcionou nesta quinta-feira (2), no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, uma manhã especial para um admirador da corporação, em um momento delicado na vida da criança. Pedro Lucas Santos Oliveira, 3 anos, teve parte do corpo queimado após cair em uma lareira, feita no chão, no município de Paragominas, no sudeste paraense, onde mora.

As chamas atingiram 38% do corpo da criança, principalmente as pernas. Após o acidente, Pedro Lucas foi levado para o Centro de Tratamento de Queimados do HMUE, na Região Metropolitana de Belém, ficando em tratamento na unidade por 33 dias. Na última segunda-feira (29) ele recebeu alta, mas está passando por uma série de avaliações e sendo acompanhado pela equipe do Hospital.

Pedro Lucas com seu fardamento. Um gesto de carinho que alegou o menino após o tratamento.

Durante o tratamento, os profissionais que cuidaram do menino descobriram que o sonho de Pedro Lucas é ser policial militar. A admiração pela profissão na infância chamou a atenção dos profissionais de saúde. A equipe providenciou um fardamento sob medida para Pedro Lucas e proporcionou uma manhã especial para a criança.

Coronel Dilson Júnior, policiais da Rotam e o menino, que ainda se recupera da queimaduras

Força e coragem – Representando a corporação, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Dilson Júnior, foi ao hospital entregar a farda à criança, que não escondeu a felicidade ao vestir a farda da PM. Os militares do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam) também estavam presentes, reconhecendo a força e a coragem de Pedro Lucas ao enfrentar um tratamento tão doloroso.

“A Polícia Militar agradece à equipe médica pelo empenho na recuperação do Pedro, com a certeza que a vida dele foi modificada pela ação de vocês, por todo esse carinho que não tem preço. Além disso, nós ficamos muito felizes por receber mais um mascote na corporação, que é o sargento Pedro, como gosta de ser chamado”, disse o coronel Dilson Júnior.

Texto: Matheus Soares/PM

Fotos: Diego Monteiro/HMUE

Você pode gostar...