Cursos superiores da área da Saúde podem retomar atividades presenciais

Estão autorizadas as aulas presenciais para alunos que estão em fase de conclusão dos cursos

Cursos superiores da área da Saúde, de instituições públicas ou privadas, estão autorizados a realizar aulas presenciais práticas a partir da próxima segunda-feira (3), nos casos em que as atividades forem fundamentais para a conclusão dos cursos. A determinação está entre as medidas incluídas no Decreto Estadual 800/2020, publicado com atualização na noite desta sexta-feira (31), em edição extra do Diário Oficial (DOE).

De acordo o procurador-geral do Pará, Ricardo Sefer, a autorização alcança um público restrito, mediante o cumprimento do distanciamento controlado e dos protocolos de prevenção previstos na legislação. “Vão voltar somente os cursos concluintes da área da Saúde, no caso das disciplinas práticas. Com relação aos demais segmentos de ensino, o Estado está avaliando, conforme a evolução da pandemia no Pará, levando em consideração os estudos científicos apresentados periodicamente pelo Comitê de Vigilância em Saúde da Covid-19”, informou.

O governador Helder Barbalho, durante pronunciamento transmitido pelas redes sociais e TV Cultura, na tarde desta sexta-feira (31), informou que no próximo dia 15 o Estado vai fazer uma nova avaliação da pandemia no Pará, já com o resultado da segunda etapa do inquérito epidemiológico, realizado pelo governo estadual em parceria com a Universidade do Estado do Pará (Uepa).

“Nós entendemos que não se pode agir de forma precipitada, correndo o risco do ambiente escolar se transformar em pontos de aglomeração e, consequentemente, de proliferação viral. Desta forma, continuaremos dialogando de forma técnica. Respeito plenamente a ansiedade dos operadores particulares, mas a vida deve estar sempre em primeiro lugar”, reforçou.

Reunião do procurador-geral Ricardo Sefer com representantes de escolas particulares

Reunião – Na última quinta-feira (30), representantes de escolas particulares se reuniram com Ricardo Sefer para apresentar as principais demandas do setor e solicitar o retorno das aulas presenciais na rede de ensino privado do Pará. O encontro ocorreu na sede da Procuradoria-Geral (PGE), em Belém, após protesto realizado pela União das Escolas Particulares do Pará, pela área comercial da capital, na quarta-feira (29).

“Eu tenho conversado, inclusive, com o Conselho Estadual de Educação e com as escolas particulares, que no momento em que se tenha certeza e tranquilidade de que os protocolos são suficientemente adequados para a retomada gradativa das aulas, que devamos iniciar pelos alunos que estão no terceiro ano, por conta do calendário do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que preocupa a todos, e não podemos prejudicar os alunos que estarão no Enem em janeiro de 2021”, concluiu o governador.

Texto: Bárbara Brilhante/PGE

Fotos: Nailana Thiely/Uepa

Você pode gostar...