Em oito dias, Barco Hospital Papa Francisco realiza mais de 23 mil procedimentos no Oeste

Barco Hospital Papa Francisco encerrou mais uma etapa de atendimentos no Oeste do Pará

Entre as várias estratégias adotadas pelo Governo do Pará no enfrentamento à pandemia de Covid-19, o Barco Hospital Papa Francisco está entre as que contribuem para conter o avanço da doença principalmente no Oeste do Estado. Nesta quarta-feira (17), mais uma etapa desse serviço foi encerrada em quatro municípios da região, contabilizando 766 consultas médicas, 1.173 exames laboratoriais e 327 exames de imagens. Durante oito dias, o total de procedimentos chegou a 23.157, incluindo ainda teste rápido, oferta de medicação, verificação de sinais vitais e atendimento em enfermagem.

A moradora Raimunda Chagas fez o teste e já iniciou o tratamento

O último município a receber a unidade de saúde fluvial foi Alenquer, onde a moradora Raimunda Chagas foi atendida, ao chegar ao local relatando mal-estar nos últimos dias. O resultado do exame de Raimunda foi positivo para Covid-19. “Não é o tipo de notícia que queremos receber, mas coloca fim em uma angústia e incerteza. Achei o atendimento legal e fui muito bem atendida. Só não gostei porque deu positivo, mas é assim mesmo. Agora vamos tratar. Quanto mais nos cuidarmos, melhor”, disse ela.

Atuando em média por dois dias em cada local, os atendimentos foram realizados nas sedes municipais e em comunidades isoladas, mas com probabilidade de contaminação pelo novo coronavírus. O trabalho realizado pelo Barco Hospital também contou com o apoio das gestões municipais.

“Uma ação importante para o momento em que vive o mundo e o nosso município nesta pandemia. Estamos com um alto número de positivados entre os testes realizados, e isso só reafirma que é uma ação estratégica do governo do Estado junto com os municípios. Uma ação conjunta que agradecemos”, avaliou o prefeito de Alenquer, Tom Farias.

Irmã Vanessa Ezequiel, coordenadora da missão, destaca a adesão da população ao serviço

Adesão – Coordenadora da missão do Barco Hospital Papa Francisco na Região Oeste, a religiosa Vanessa Ezequiel disse que em todos locais atendidos pelos profissionais da embarcação houve adesão da população. “Iniciávamos sempre pela triagem e atendimentos voltados para Covid e sintomas gripais. Fazemos exames laboratoriais, raio X, eletrocardiograma e também o teste para Covid. Em Alenquer, encontramos muitos resultados positivos de Covid e pessoas pós-Covid com sintomas persistentes”, informou.

Para os casos de exames positivos, a coordenadora da missão explicou que os pacientes receberam orientações médicas e remédios para iniciar o tratamento. “Os médicos fazem a prescrição médica e orientam o isolamento, e o Barco consegue disponibilizar a medicação para a pessoa continuar o tratamento em casa”, acrescentou.

Nesta etapa do atendimento foram contabilizadas 766 consultas médicas

Nesta última missão na Região Oeste, o Barco Hospital Papa Francisco percorreu os municípios de Almeirim, Prainha, Monte Alegre e Alenquer.

Estrutura – O Barco Hospital Papa começou a operar em agosto de 2019, atendendo mais de 1.000 comunidades ribeirinhas na Amazônia. Com 32 metros de comprimento, a embarcação possui ambulanchas de apoio e até 23 profissionais de saúde.

A estrutura inclui ainda aparelhos para exames de raio X, mamografia, ecocardiograma e teste ergométrico, além de sala cirúrgica, laboratório de análises clínicas, farmácia, sala de vacinação, consultórios médicos, consultórios oftalmológico e odontológico e leitos de internação.

 

Texto: Leonardo Nunes/Secom

Fotos: Marcelo Seabra/Ag. Pará

Você pode gostar...