Governador pede cooperação aos prefeitos no combate à Covid-19 e anuncia chegada de mais vacinas

A reunião, no Palácio dos Despachos, teve a participação virtual de outros prefeitos e de secretários estaduais

Após a coletiva de imprensa em que atualizou novas ações de combate à Covid-19 no Pará, o governador Helder Barbalho participou de videoconferência com a presença de vários prefeitos na noite desta terça-feira (09), no Palácio dos Despachos, em Belém. O objetivo da reunião do Comitê Científico da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) foi atualizar as gestões municipais sobre o cenário da pandemia em território paraense.

“Agradeço a todos os prefeitos, principalmente os da Região Metropolitana de Belém, porque todos entenderam o momento em que estamos passando e respeitando as medidas. Precisamos fazer mais este pequeno esforço para que possamos virar essa página e combater a pandemia no Estado, garantindo atendimento a toda a população”, disse Helder Barbalho aos prefeitos.

Durante a reunião, o chefe do Executivo estadual ressaltou que, até esta quarta-feira (10), o Pará deve receber do Ministério da Saúde nova remessa, entre 60 e 80 mil doses de vacinas. Helder Barbalho também fez um alerta aos prefeitos que não estão repassando dados de vacinação. “Alguns municípios não estão repassando os dados ao sistema do Ministério da Saúde. Precisamos que isso seja feito logo, para que possamos caminhar corretamente na divulgação dos dados”, ressaltou.

O reitor da Ufra, Marcel Botelho (e), reiterou que não há colapso no sistema de saúde do Pará

Estudo – Participando da reunião como convidado, o reitor Marcel Botelho, da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), repassou dados do estudo epidemiológico da Covid-19 realizado em parceria com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), com dados da Sespa.

“Pelo estudo verificamos que o Pará tem diferentes fases da pandemia, e que as medidas não podem ser as mesmas nas regiões. Verificamos, por exemplo, que a região do Baixo Amazonas já passou pelo pico e está em estabilidade, enquanto a Região Metropolitana de Belém enfrenta um aumento do número de casos. Mas apesar disso, as medidas adotadas pelo governo do Estado estão sendo suficientes. Não há um colapso no sistema de saúde, mas precisamos de medidas restritivas para frear esse aumento”, destacou o reitor.

O prefeito de Quatipuru, José Augusto Silva, ressaltou as medidas já adotadas pelo município, localizado na região Nordeste, para tentar conter a pandemia. “Mesmo a cidade estando em estabilidade, estamos fiscalizando o uso de máscara, adotamos a restrição de academias e bares. Mas gostaria de saber que outras medidas devemos adotar”, disse o gestor.

Sobre o questionamento, o governador informou que o município deveria tomar medidas restritivas principalmente no período da noite, a fim de evitar festas e funcionamentos de bares.

Também participaram da reunião o presidente da Famep, Wagne Machado, prefeito de Piçarra; o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, e o chefe da Casa Civil da Governadoria, Iran Lima.

Texto: Bruno Magno/CPH

Fotos: Alex Ribeiro/Ag.Pará

Você pode gostar...