Grupamento Aéreo inicia décima segunda fase do transporte de vacinas

A logística de entrega conta com três aeronaves e dois helicópteros

O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) deu início, na manhã desta sexta-feira (28), a mais uma etapa da distribuição de entregas das vacinas em combate à Covid-19. O esquema logístico é feito por meio da parceria entre a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup) e a Secretaria de Saúde do Pará (Sespa). Os imunizantes fazem parte da remessa que chegou a Belém na última quarta-feira (26) e que serão entregues aos municípios do interior do Estado.

De hoje (28), até domingo (30), serão transportadas, ao todo, 94.875 doses de imunizantes. Nesta manhã, foram entregues cargas em Curralinho, São Sebastião da Boa Vista, Muaná, Ponta de Pedras, Soure, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, Cachoeira do Arari, Cametá, Breves, Portel, Gurupá, Bagre, Melgaço, Chaves e Anajás.

“O Grupamento Aéreo tem sido incansável no que diz respeito à entrega dessas doses de esperança e mais uma vez nossa equipe está direcionada nesse trabalho. Nossas aeronaves já estão realizando a distribuição que deve ser finalizada até o próximo domingo”, aponta o diretor do Grupamento Aéreo de Segurança, Coronel Armando Gonçalves.

A parceria entre as forças de segurança e a Sespa possibilita um maior alcance na entrega das vacinas, dando celeridade na distribuição dos imunizantes, como destaca o secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho.

“Ação integrada entre a Sespa e Segup para a entrega de vacina tem sido uma estratégia acertada. O Pará é um estado continental e com muitos lugares de difícil acesso, mas com essa parceria conseguimos levar as vacinas a todas as regionais de saúde em até 48h horas. Todo esse esforço é para garantir o maior número de pessoas imunizadas o mais rápido possível, fazendo com que a pandemia possa perder força no Pará”, afirma o secretário de saúde.

Planejamento – As equipes de pilotos do Grupamento realizam a ação por meio de três aviões e dois helicópteros. As doses com os imunizantes seguem para os centros regionais, de onde são deslocados por meio terrestre, com apoio da equipe da Secretaria de Saúde de Estado (Sespa) e também pelas vias fluviais, com o apoio do Grupamento Fluvial de Segurança (GFlu).

No sábado (29), pela manhã, sairão de Belém, do Hangar do Graesp, as cargas de Afuá, Santarém e Altamira. No domingo (29), encerrando o transporte, serão entregues os imunizantes de Conceição do Araguaia e de Marabá. O tempo total empregado nos três dias de transporte das vacinas é de 20h30.

Por André Macedo/Segup

Você pode gostar...